Rio Congelado | Cinema de Buteco
Drama Policial

Rio Congelado

frozen-river-2008 Rio Congelado

Certo dizer que só assisti Rio Congelado por conta das duas indicações ao Oscar. Concorrendo na categoria de melhor atriz e melhor roteiro original, acho que vai levar pelo menos um prêmio. Melissa Leo até está bem como a mãe que faz de tudo para conseguir pagar a casa, mas ela tem concorrentes desleais e dificilmente tira o Oscar das mãos (ou peitos) da Kate Winslet. Mas já em roteiro original, a história pode ser outra. Escrito e dirigido por Courtney Hunt, a trama tem boas chances de vencer os concorrentes.

Rio Congelado é semelhante ao The Visitor. Ambos os filmes tem atuações inspiradas de seus personagens principais e tem um tema delicado. Se em The Visitor a xenofobia era a moeda forte, aqui nós temos a imigração ilegal. A personagem de Melissa Leo conhece uma jovem índia mohawk que ganha dinheiro trazendo imigrantes ilegais para dentro dos Estados Unidos. Para isso usam o tal rio congelado do título.

A diretora/roteirista força um pouco a barra ao tentar dramatizar demais a situação. Um exemplo é a cena em que Melissa Leo discute com seu filho mais velho, que reclama de comerem apenas pipoca e Tang todos os dias e que deveriam procurar o pai. O que o garoto não lembra, é que o paizão fugiu com a grana da casa nova, na véspera do Natal. Mas apesar de certos exageros, é um filme interessante. Quem quiser fugir dos filmes blockbusters, tem uma boa opção nesse filme que tem uma bela fotografia dos rios congelados da fronteira entre os EUA e o Canada.

Ficha Técnica:
Rio Congelado (Frozen River, 2008)
Dirigido: Courtney Hunt
Roteiro: Courtney Hunt
Genêro: Drama
Elenco: Melissa Leo
Trailer

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.