Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Proposta Indecente

Todo mundo certamente já teve vontade de fazer uma proposta indecente para outra pessoa. Dificilmente não existiu um momento em nossas vidas em que a cobiça falasse mais alto. Aquela vontade de provar a pessoa que ela está errada, que até mesmo certas coisas como o amor podem ser “compradas” ou colocadas em teste. O filme Proposta Indecente é exatamente o retrato dessas situações, mas de uma forma bem mais exagerada e que não se encaixa na realidade da grande maioria das pessoas.

O charmosão Robert Redford interpreta um bilionário que dá vida para o ditado: “a grama do vizinho é sempre mais verde” (embora ele não tenha a própria grama, mas… relevem). Durante uma noite de jogatina desenfreada em Las Vegas, ele bate os olhos em Demi Moore (em seu papel mais sedutor no cinema. esqueçam Striptease ou o filme que ela manda o “Aragorn” chupar o pau dela). Conquistador nato, vai levando a moça na conversa e convida até o maridão Woody Harrelson para uma festinha em sua suíte. O que ele desconhece é que o casal apaixonado (que protagoniza cenas quentes no começo do filme, embora sem nenhuma nudez gratuita) está devendo uma nota preta e precisa desesperadamente de $50 mil. Se soubesse, não teria tanta graça…

- Advertisement -

Durante um jogo de sinuca (o esporte mais sexual do mundo), a conversa vai ficando cada vez mais tensa até que Redford diz que tudo pode ser comprado. Demi Moore retruca e diz que o amor e as pessoas não podem. Mas então o jogo muda (quase dá para ouvir alguém gritando “TRUCO!” no fundo) e o ricaço oferece $1 milhão para passar apenas uma noite com ela. Aí a casa cai. Entra em jogo a oportunidade de mudar de vida, solucionar as dívidas, ter um futuro garantido. Mas tudo com um alto preço que o casal se diz disposto a pagar e superar. A questão aqui é: o que VOCÊ faria no lugar de um deles? Aceitaria a oportunidade ou mandaria o ricaço tentar a sorte com a Monica Matos ou a Sasha Grey?

Proposta Indecente é um filme provocante. Daqueles para se assistir ao lado de quem você ama. Principalmente por certas frases logo no começo: “Se você ama alguém, deixe-o livre. Deixe-o partir. Se voltar um dia, é porque será seu para sempre, do contrário, ele nunca foi seu”. E pensar que Demi Moore nunca me deixou esperançoso quanto ao quesito boas atuações faladas… Aqui temos um bom exemplo (se não for o único), mas não dá para negar que o corpo dela era realmente digno de uma boa proposta indecente.

Comentários