Cinema por quem entende mais de mesa de bar

S Darko

Qualquer pessoa com o mínimo senso, concordaria que Donnie Darko é um daqueles filmes que não precisam ter continuação. Mas parece que os produtores norteamericanos não pensam assim e resolveram inventar uma segunda parte da história, abordando a vida da irmã mais nova do personagem de Jake Gyllenhaal. Assim como aconteceu em Efeito Borboleta 2 e 3, a sequência se mostra totalmente desnecessária.

Daveigh Chase reprisa o papel de Samantha Darko, 7 anos depois dos acontecimentos do primeiro filme. Atormentada pela morte do irmão, Samantha entra no carro com sua amiga e passam a viajar pelo país. Até o carro estragar e elas pararem em uma estranha cidadezinha.

- Advertisement -

Se no original a esquizofrenia duvidosa de Donnie Darko era a tônica, dessa vez ela ataca praticamente todos os personagens. Ou seja, toda a magia e duvidas sobre a insanidade do personagem no filme original, são transformadas em pó. Perdeu a graça. S Darko é um filme ruim, que tenta imitar o primeiro até mesmo na trilha sonora (obviamente é mais fraca). Poderia ser uma coisa mais interessante, mas não é o caso. Infelizmente.

Comentários