Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Um Homem Sério

Assistir a um filme dos irmãos Coen esperando finais felizes, histórias normais e politicamente corretas, é mais impossível que o meu glorioso Clube Atlético Mineiro conquistar a Copa do Brasil. Foram poucos os filmes da dupla que apareceram aqui no Cinema de Buteco, mas para aqueles que já conferiram Onde os Fracos Não Tem Vez e Queime Depois de Ler, fica fácil entender que os irmãos Coen conseguem criar atmosferas recheadas de humor negro e de uma frieza sem igual.

Em Um Homem Sério, o roteiro conta a história da vida desastrada de um judeu chamado Larry Gopnik nos anos 60. Enquanto aguarda uma promoção na faculdade em que leciona, Gopnik tem que lidar com os filhos que não estão nem aí para ele; com vizinhos folgados; cobradores irados; e com o fato de sua esposa ter um caso com o vizinho. Ou seja, o cara praticamente quebrou todos os espelhos da sala Espelhada do circo mais próximo. Um Homem Sério é justamente sobre o azar e as frustrações que passamos ao longo de nossas vidas. O ator Michael Stuhlbarg brilha como o desafortunado Gopnik e consegue transmitir com clareza as sensações limitadas de um perdedor que acata tudo que lhe acontece.

- Advertisement -

Atenção para a trilha sonora sempre oportuna de Jefferson Airplane e para a sequência do bar mitzvah do filho de Larry, que comparece à cerimônia totalmente chapado de maconha. As cenas usam de vários angulos e efeitos que dão aquela sensação de que estamos curtindo a viagem junto do adolescente, que parece se sentir incomodado com aquele ritual de passagem para a vida adulta. Aliás, rituais é um outro tema que os irmãos Coen resolveram abordar em Um Homem Sério. Quando percebe que a sua vida desandou, Larry parte em busca de auxílio espiritual junto a três rabinos que dão conselhos distintos, porém todos baseados na religião e na fé. Felizmente, para o deleite do espectador, ele não consegue nenhum conselho útil.

Para os fãs de filmes crus, não poderia existir uma opção melhor. Nada melhor que sentir a angústia de um personagem passivo e que consegue ser abraçado pelo amante de sua esposa sem ter nenhuma reação de raiva. Um autêntico retrato das pessoas que vivem no piloto automático e que nem ao menos se dão ao trabalho de forjar alguma sensação. Excelente filme.

Ficha Técnica:
Um Homem Sério (A Serious Man, 2009)
Dirigido: Joel e Ethan Coen
Roteiro: Joel e Ethan Coen
Genêro: Drama
Elenco: Michael Stuhlbarg
Trailer


Comentários