Cinema por quem entende mais de mesa de bar

VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso

Estreia no dia 25 de Março de 2011 o Filme VIPs – Histórias Reais de um Mentiroso. Confira o que o Cinema de Buteco achou.


Prenda-me se for capaz. Foi isso que me veio à cabeça quando eu li pela primeira vez a sinopse do filme. Para ser mais exato imaginei uma mistura deste filme com Meu nome não é Johnny. E confesso pra vocês que além de estar enganado com relação a estas referências, o filme me surpreendeu de maneira muito positiva no que diz respeito a entretenimento.

Dumont

A estória conta partes da vida de Marcelo Nascimento da Rocha (Wagner Moura muito bom como sempre) e de como este jovem paranaense, que é considerado o maior picareta do Brasil, conseguiu aplicar um golpe em diversos famosos, fingindo ser o filho do dono da empresa aérea GOL.

Aos 17 anos, seguindo os conselhos de seu pai, Marcelo foge e vai procurar um lugar onde pode realizar seu sonho, que é ser piloto. E assim o faz, porém de uma maneira não muito convencional.

Chefe e Carrera

Marcelo, que passa a se demoninar Dumont se apresenta em uma pista de pouso no Estado de MS e se oferece como aprendiz. E assim (ou de uma forma tortuosa se preferir) se torna um dos melhores pilotos do narcotráfico nas fronteiras do Brasil.

O Filme não chega a ser uma super produção nacional, mas garante 95 minutos recheados de cenas muito engraçadas, como por exemplo as imitações de Renato Russo.

Não acho que seja um filme imperdível, porém se conferido não irá gerar nenhum ônus.

A minha Nota é 4 Caipirinhas pelas boas risadas que o filme proporciona. A caipirinha que falta fica por não ter tido um Epílogo falando sobre a atual situação de Marcelo Nascimento da Rocha, que em Julho de 2010 ainda estava preso na Penitenciária Central do Estado de Mato Grosso.

P.S.: Sim, eu sai da sala de cinema MUITO curioso sobre como realmente aconteceram as coisas e de como era a real face do individuo.

P.S.2.: Não tinha um ator mais gordinho pra representar o cara? assim, pelo menos ser um pouco mais fiel à realidade…

P.S.3.: Por favor se você assistir o filme comente aqui: Quando Marcelo foge de casa ele pede uma passagem para cuiabá. Entretanto, eu tenho a impressão de que a placa que aparece na sequencia está escrito: “Seja bem vindo ao Mato Grosso do Sul.”. Ainda que segundo o pressbook do filme ele realmente vai para o Mato Grosso do Sul. Eu me pergunto: Será que isto foi uma falha gravissima na edição, que cortou a cena de ele indo de Cuiabá-MT para Mato Grosso do SUL? Ou Mudaram a Capital de MT de estado? Ou ainda faltou uma pequena pesquisa pra ver que a Capital de MS é Campo Grande?

P.S.4: Você acha que enganar atores globais e apresentadores como Amaury Jr. deveria ser considerado falsidade ideológica? Ou diversão para poucos?

Comentários