Zé Colmeia

O texto abaixo contém informações sobre o que acontece no filme (spoilers).

- Advertisement -

Como resistir ao apelo de nossas recordações da época de infância durante a exibição de Zé Colmeia? Em um raro exemplo de filme que vale a pena assistir dublado (as vozes não são as mesmas do desenho, ou meus ouvidos me enganaram?) apenas pela nostalgia. A versão original conta com as vozes de Dan Aykroyd e Justin Timberlake, o que apesar de ser um ponto positivo, acaba destruindo qualquer sensação de lembranças na cabeça dos espectadores norte-americanos. Felizmente nós conseguimos tradutores com talento e que em muitos momentos nos fazem lembrar da época em que o desenho animava as nossas manhãs.

Mesmo com todo o charme e os efeitos especiais que conseguiram dar vida para os ursos pardos, o filme em si acaba deixando um pouco a desejar no aspecto história inteligente-para-público-que-está-cansado-de-assistir-qualquer-coisa. Era de se esperar um tema bobinho, mas que tivesse o mínimo de preocupação em evitar personagens estereotipados e o senso comum habitual de certos filmes infantis. Como Treinar o Seu Dragão é uma história infantil e que ganhou uma roupagem cinematográfica capaz de agradar todos os públicos. Infelizmente, no sentido de história, Zé Colmeia deixou muito a desejar. Mesmo com um roteiro fraco, existem momentos divertidos e mesmo o mais rabugento dos espectadores consegue rir e se deliciar com a primeira incursão do urso esganado nos cinemas.

Indicado principalmente para o público abaixo dos 15 anos (pelo teor dos dois parágrafos acima, você já deve ter percebido o meu desgosto), Zé Colmeia já começa com a dupla dinâmica da floresta roubando uma cesta de comidas de uma família. Poderia dizer que o filme todo gira em torno disso, mas seria uma completa sacanagem. Mas também é sacanagem a visão dos produtores desses filmes incluírem sempre os mesmos elementos batidos em seus roteiros: Zé Colmeia rouba comida; Zé Colmeia ajuda o guarda Smith a conquistar a mocinha bonita ; Vilões resolvem sabotar o parque ; Zé Colmeia estraga o plano do guarda Smith para salvar o parque e logo depois se arrepende e vai viver longe de Catatau; Os vilões enganam o assistente do guarda Smith; Catatau descobre o plano dos vilões e dá uma lição de moral em seu amigo e juntos partem em busca do guarda Smith para salvarem o parque; assistente se arrepende; vilões se ferram; todos vivem felizes para sempre. Filmes infantis não precisam mais ser repetitivos e tão bobinhos. Talvez se o roteiro fosse um pouco mais ousado, Zé Colmeia conseguiria causar boas impressões e deixar boas expectativas para a estréia de Smurfs, ainda esse ano.

Uma pena que um personagem tão querido dos desenhos animados tenha ganhado um filme fraco e com raros momentos inspirados. Mas pelo menos eles existem, bem como as cestas de comidas e os planos mirabolantes para saciar a fome do urso mais querido e faminto de que já se teve notícia.

Comentários