Zé Colmeia

O texto abaixo contém informações sobre o que acontece no filme (spoilers).

Como resistir ao apelo de nossas recordações da época de infância durante a exibição de Zé Colmeia? Em um raro exemplo de filme que vale a pena assistir dublado (as vozes não são as mesmas do desenho, ou meus ouvidos me enganaram?) apenas pela nostalgia. A versão original conta com as vozes de Dan Aykroyd e Justin Timberlake, o que apesar de ser um ponto positivo, acaba destruindo qualquer sensação de lembranças na cabeça dos espectadores norte-americanos. Felizmente nós conseguimos tradutores com talento e que em muitos momentos nos fazem lembrar da época em que o desenho animava as nossas manhãs.

Mesmo com todo o charme e os efeitos especiais que conseguiram dar vida para os ursos pardos, o filme em si acaba deixando um pouco a desejar no aspecto história inteligente-para-público-que-está-cansado-de-assistir-qualquer-coisa. Era de se esperar um tema bobinho, mas que tivesse o mínimo de preocupação em evitar personagens estereotipados e o senso comum habitual de certos filmes infantis. Como Treinar o Seu Dragão é uma história infantil e que ganhou uma roupagem cinematográfica capaz de agradar todos os públicos. Infelizmente, no sentido de história, Zé Colmeia deixou muito a desejar. Mesmo com um roteiro fraco, existem momentos divertidos e mesmo o mais rabugento dos espectadores consegue rir e se deliciar com a primeira incursão do urso esganado nos cinemas.

Indicado principalmente para o público abaixo dos 15 anos (pelo teor dos dois parágrafos acima, você já deve ter percebido o meu desgosto), Zé Colmeia já começa com a dupla dinâmica da floresta roubando uma cesta de comidas de uma família. Poderia dizer que o filme todo gira em torno disso, mas seria uma completa sacanagem. Mas também é sacanagem a visão dos produtores desses filmes incluírem sempre os mesmos elementos batidos em seus roteiros: Zé Colmeia rouba comida; Zé Colmeia ajuda o guarda Smith a conquistar a mocinha bonita ; Vilões resolvem sabotar o parque ; Zé Colmeia estraga o plano do guarda Smith para salvar o parque e logo depois se arrepende e vai viver longe de Catatau; Os vilões enganam o assistente do guarda Smith; Catatau descobre o plano dos vilões e dá uma lição de moral em seu amigo e juntos partem em busca do guarda Smith para salvarem o parque; assistente se arrepende; vilões se ferram; todos vivem felizes para sempre. Filmes infantis não precisam mais ser repetitivos e tão bobinhos. Talvez se o roteiro fosse um pouco mais ousado, Zé Colmeia conseguiria causar boas impressões e deixar boas expectativas para a estréia de Smurfs, ainda esse ano.

Uma pena que um personagem tão querido dos desenhos animados tenha ganhado um filme fraco e com raros momentos inspirados. Mas pelo menos eles existem, bem como as cestas de comidas e os planos mirabolantes para saciar a fome do urso mais querido e faminto de que já se teve notícia.

  • Sel

    Pararam de dar caipirinhas?

    E eu discordo: tem urso mais querido in da woods: Winnie the Pooh, e, se vc considerar conjunto da obra, os ursinhos Gummie ou os Carinhosos.

    =P

  • Jairo Souza

    Puts! comparar Zé colméia à smurfs q foi sacanagem hein… Ainda bem li esse texto antes, assim ñ me dou o trabalho d ver! E aposto q o dos Smurfs vai ser incrível… eles tem mt mais história!

    Snoop > Muppets > Smurfs

    Smurfs é top 3 dos bet ever!!

    Já Zé Colméia sempre foi bem fraco vai!

  • karen

    acho que você estava esperando demais de um filme que veio de um desenho que sempre foi fraquinho, 2t!

  • 2T

    ah, eu enchi a boca de tesão para falar do filme antes de assistir. Broxei com a estreia. Orgulho de homem broxa não se toca, nem volta ao normal.

    Vai entender..

    hahahaha

    mas o lance é apenas pelo fato de ser um desenho da minha infância. algo aqui dentro "acordou" só para ver o filme…

  • Ju Lugarinho

    Sério mesmo que vc estava na expectativa? O desenho nunca me atraiu mto não, achava o Catatau mto retardado! Hahahaha!

    Sorry, mas não pretendo ver esse não =p

  • Fabricio Carlos

    se continuar assim eu vou para de ir no cinema…

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.