And the Oscar goes to... | Cinema de Buteco
Oscar

And the Oscar goes to…

É hoje! A 80º edição do Oscar, a maior premiação do cinema mundial, vai acontecer numa época marcada pela tensão. Para quem não sabe, a cerimônia esteve ameaçada por causa da greve dos roteiristas, que felizmente já terminou. Ficar sem o glamour da festa não tem graça, apesar que ninguém nunca vai poder dizer que o Oscar é fundamental para o bom apreciamento do cinema. Não é um prêmio que vai dizer que tal filme é bom ou melhor que o outro e esta edição está provando isso.
Todo mundo sabe que blockbusters não são os “queridinhos” da academia. Desde o feito da terceira parte do SENHOR DOS ANÉIS, um filme sucesso de bilheteria consegue abocanhar grandes indicações. Acho que o filme mais assistido desse ano foi JUNO, que virou já é um cult. Os indies, intelectuais moderninhos e jovens em geral, se apaixonaram pela história da adolescente que fica grávida e resolve “doar” o filho. É um filme emocionante, diga-se de passagem. O blog INDIE NATION fez um post sobre a trilha sonora, que vale a pena ser conferida! Mas independente de ter conquistado uma fatia do público, não é aquela coisa unânime. Dividindo com SANGUE NEGRO, o maior número de indicações ao prêmio desse ano, está o excelente ONDE OS FRACOS NÃO TEM VEZ. Foram 8 indicações, incluindo melhor filme, diretor e ator coadjuvante. Dirigido pelos geniais irmãos Coen, até agora é o melhor dos candidatos. As sequências de ação (poucas), deixam o espectador nervoso e ansioso pelo desfecho. E a realidade de alguns momentos, é semelhante ao que acontece no fim do INFILTRADOS, vencedor do ano passado na categoria filme e diretor.
Baseado num livro, DESEJO E REPARAÇÃO conta a história de uma jovem garota que comete um erro e se arrepende pelo resto da vida. Criando um romance baseado na história de amor que ela privou a sua irmã de viver. Saoirse Ronan está perfeita no papel de Briony e favorita ao prêmio. E por fim, George Clooney estrela o tenso CONDUTA DE RISCO. Bom filme, talvez uma indicação justa, mas acho injusto que O GANGSTER não tenha entrado na disputa. Denzel Whasington e Russel Crowe mereciam suas indicações, mas não se pode entender o que se passa na cabeça da academia, que esnobou a bela trilha sonora que Eddie Vedder fez para o filme INTO THE WILD, assim como todas as músicas que aparecem em JUNO. O Oscar é dominado por velhinhos que continuam cegos para o futuro. Vamos esperar que um dia eles mudem o pensamento e estejam antenados com as tendências atuais.

Meus palpites:
Filme – Onde os Fracos Não Têm Vez
Diretor – Joel e Ethan Coen (“Onde os Fracos Não Têm Vez”)
Ator – Johnny Depp (“Sweeney Todd”)
Ator Coadjuvante – Javier Bardem (“Onde os Fracos Não Têm Vez”)
Atriz – Cate Blanchet ( “Elizabeth: A Era de Ouro”)
Atriz Codjuvante – Saoirse Ronan (“Desejo e Reparação”)
Roteiro Original – Juno
Roteiro Adaptado – Onde os fracos não têm vez
Animação – Tá Dando Onda

Confira a opinião da galera do blog na comunidade do Orkut! Participe!

Redação do Buteco

Cinema por quem entende mais de mesa de bar.

Comentários