Previsões do Oscar 2015 – parte III, por Dani Pacheco

A Dani Pacheco também topou deixar os seus palpites para as principais categorias do Oscar 2015 no Cinema de Buteco. Confira as previsões logo abaixo:

Melhor filme – Boyhood

Boyhood - Oscar de Melhor Filme

A disputa está praticamente entre Boyhood e Birdman, mas como o filme de Richard Linklater venceu o Globo de Ouro, BAFTA e Critics Choice, aposto que o Oscar é dele. Birdman tem um roteiro original e um elenco formidável, mas Boyhood aborda um tema mais universal e comovente.


Melhor Diretor – Richard Linklater, Boyhood

Richard Linklater e o Oscar 2015

Chegou a hora de Linklater vencer o Oscar após tantos filmes bons – trilogia Antes do Amanhecer, hello? – e pelo fato dele ter feito algo incrível ao explorar o crescimento de um garoto na telona durante 12 anos de filmagens. Merece a estatueta pela originalidade e êxito em dirigir seu elenco durante tanto tempo e com um resultado magnífico.


Melhor atriz – Julianne Moore – Para Sempre Alice

Melhor Atriz Oscar 2015 - Julianne Moore

Moore ganhou tudo até agora, é quase que impossível vermos a Academia dar a estatueta à uma outra indicada. E sim, ela está fenomenal em Para Sempre Alice, merece o prêmio. Sem contar que, assim como Keaton, foi esquecida durante vários anos e um papel como esposa e mãe com Alzheimer é tocante o suficiente para lhe darem o Oscar.


Melhor Ator – Michael Keaton – Birdman

Melhor Ator Oscar 2015 - Michael Keaton

Keaton praticamente interpreta ele mesmo em Birdman, um ator que ainda é conhecido mundialmente por seu papel de super-herói e que volta após vários anos longe dos holofotes em um projeto ousado e de altíssimo nível. Apesar de Eddie Redmayne ter vencido o SAG e o BAFTA, aposto que a Academia vai reconhecer o trabalho de um americano que foi esquecido e que voltou com tudo em uma performance sensacional.


Melhor Atriz Coadjuvante – Patricia Arquette, Boyhood

Melhor Atriz Codjuvante - Patricia Arquette

Arquette venceu tudo, não há muito o que explicar aqui. E digo o mesmo que disse sobre Simmons: sua atuação em Boyhood nem se compara às das outras indicadas. Seu papel como uma mãe que cria e sustenta os filhos sozinha e enfrenta um marido alcoólatra e violento está anos luz longe dos demais.


Melhor Ator Coadjuvante – J.K. Simmons, Whiplash

Melhor Ator Coadjuvante Oscar 2015 - J.K. Simmons

Motivo: Simmons já tem a estatueta nas mãos há muito tempo, só falta chegar o domingo para recebê-la de vez. E convenhamos, a atuação dele em Whiplash é bastante superior às dos concorrentes; um vilão que adoramos assistir e que até nos faz compreendê-lo no fim das contas.


Melhor Roteiro Original – Birdman ou O Grande Hotel Budapeste

Os dois filmes mais originais do ano e que trazem histórias ricas, bem narradas e com personagens bem desenvolvidos, de maneira geral. Birdman pode ser o favorito para o Oscar, mas pode ser que a Academia decida premiar O Grande Hotel Budapeste além de categorias técnicas (ele venceu o WGA também). E o filme de Wes Anderson merece!


Melhor Roteiro Adaptado – Graham Moore, O Jogo da Imitação

Pessoalmente, considero essa adaptação fraca e com muitas alterações desnecessárias em relação à história de Alan Turing, mas é difícil que Harvey Weinstein saia do Oscar sem nenhuma estatueta. Se ele apenas foi reconhecido por O Jogo da Imitação e uma indicação a Mesmo Se Nada Der Certo (O Santo Vizinho e Grandes Olhos foram esnobados), pelo menos um prêmio ele ganha no domingo. Se não for como roteiro adaptado, será como trilha sonora, mas em função dos prêmios no BAFTA e WGA, acredito que seja no primeiro.

Daniela Pacheco

Fascinada por cinema desde pequena. Ídolos? River Phoenix, Audrey Hepburn, Wagner Moura e Marion Cotillard.