Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Sons de Buteco: As músicas de Donnie Darko

ALÉM DE SER UMA OBRA SCI-FI ARREPIANTE, um dos detalhes que tornam Donnie Darko tão especial é a sua trilha sonora inspirada com vários clássicos dos anos 1980. Oingo Bong, INXS e Tears for Fears emprestam suas canções para um dos nossos clássicos modernos favoritos. Preparei uma lista especial comentando todas as músicas que tocam no filme e aproveito para convidar os leitores a ouvirem uma playlist imaginária que o Felipe Borba inventou para Donnie Darko.

Apreciem sem moderação.

“Never Tear Us Apart” – INXS

- Advertisement -

Lançada como um dos singles do álbum Kick, em 1988, “Never Tear Us Apart” é uma valsa-blues que se transformou em um dos maiores sucessos da carreira do INXS. A faixa não aparece no filme, mas tudo bem: só de Richard Kelly ter escolhido ela para a trilha sonora já basta.

“Head Over Heels” – Tears for Fears

Mais um clássico dos anos 1980: “Head Over Heels” é uma escolha perfeita para situar o espectador da época em que a trama de Donnie Darko se passa, ao mesmo tempo em que cria aquela sensação de conformismo com todos agindo da maneira esperada. Ela toca na primeira cena em que aparece a escola.

“Under the Milky Way” – The Church

Richard Kelly conseguiu achar a trilha sonora perfeita para um momento de pós-coito entre adolescentes problemáticos que se encontram. Logo depois do casal Gretchen e Donnie se pegarem apaixonadamente e descerem as escadas da casa de mãozinha dada, “Under the Wilky Way” começa a tocar. Perfeito.

“Notorious” – Duran Duran

Como é que você pode falar dos anos 1980 sem lembrar do Duran Duran? “Notorious” é a faixa escolhida para ser o tema do número musical do grupo de dança da escola Middlesex. Apaixonados por música com certeza se apaixonarão pela cena.

“Stay” – Oingo Boingo

Richard Kelly não incluiu “Stay” em nenhuma cena do filme, mas prestou uma homenagem para todos os espectadores nascidos na década de 1980. Praticamente impossível não ter lembranças da infância com essa canção da banda Oingo Boingo, do compositor Danny Elfman.

“Love Will Tear Us Apart” – Joy Division

Nada mais anos 1980 que dar uma festa a fantasia no Halloween e colocar Joy Division para tocar. O clássico “Love Will Tear us Apart” toca na cena em que Gretchen chega na festinha para ter um papo sério com Donnie, mas logo eles começam a se pegar. Irônico.

“The Killing Moon” – Echo & the Bunnymen

Echo and the Bunnymen ficou para a parte final dessa edição da nossa coluna, mas “The Killing Moon” é a primeira música que ouvimos em Donnie Darko. Logo na introdução com o nosso protagonista chegando em casa depois de acordar em algum lugar deserto. A mãe dele está lendo “IT”, de Stephen King, o pai está limpando o jardim: um retrato perfeito de uma família tradicional.

“Mad World” – Gary Jules

Uma das canções mais emblemáticas de Donnie Darko é uma releitura de “Mad World”, do Tear for Fears. Gary Jules transformou a faixa radicalmente. Tocada nos minutos finais do longa-metragem, “Mad World” conclui os arcos de histórias apresentados nos deixando inconsoláveis ao saber que a vida de todos aqueles personagens continuará sem graça e previsível. Exatamente como a vida.

Comentários