Cinema por quem entende mais de mesa de bar

10 filmes de vampiros a que você deveria assistir antes de falar que Crepúsculo é bom

APROVEITANDO A ESTREIA DO ÚLTIMO FILME DA SAGA CREPÚSCULO NOS CINEMAS e o aniversário de 165 anos do nascimento de Bram Stoker, o Cinema de Buteco preparou uma lista com os 10 filmes favoritos de vampiros da equipe. Cada um dos filmes indicados é um argumento para deixar claro que Edward Cullen precisa aprender muito para virar o vampiro mais célebre da história do cinema.

Sem mais delongas, confira abaixo a lista com os 10 filmes de vampiros a que você deveria assistir antes de falar que Crepúsculo é bom:

10 filmes de vampiros - Dracula de Bram Stoker

- Advertisement -

Drácula de Bram Stoker

Após concluir a terceira parte de sua icônica saga da família Corleone, Francis Ford Coppola presenteou os cinéfilos com sua versão de um dos personagens mais caros ao imaginário do século XX (e que já perpassa o XXI com novas roupagens). A novela gótica mais famosa de Bram Stoker tornou-se uma pungente história de amor com magníficas pinceladas barrocas, no sensual e metalinguístico Drácula de Bram Stoker (1992). Um Gary Oldman surpreendentemente sedutor (e assustador) encarna o conde vampiro amargurado pela perda de sua amada Elisabeta (Winona Ryder). O prólogo arrebatador já sugere o espetáculo de imagens, sons e efeitos especiais (propositalmente “primitivos”) que Coppola preparou para o espectador. Uma obra-prima repleta de homenagens ao próprio cinema e sua fascinante capacidade de revitalizar mitos. (Ana Andrade)

10 filmes de vampiros - salma hayek - um drink no inferno

Um Drink no Inferno

Um Drink no Inferno é o tipo de filme que retrata perfeitamente a melhor espelunca possível para se ter um porre e/ou abraçar o capeta. O bar é escroto, destruído, detonado, cheio de matadores mexicanos, caminhoneiros tarados e claro, as mulheres mais quentes do México. O único problema é que são vampiras sugadoras de sangue, ou seja, elas te chupam inteirinho. Estrelado por George Clooney, Quentin Tarantino, Juliette Lewis e com uma participação primorosa de Salma Hayek fazendo um striptease memorável, o longa-metragem de Robert Rodriguez é outra dica para quem ainda confunde vampiros com fadas. (Tullio Dias)

10 filmes de vampiros - Drácula

Drácula

1931. O cinema estava aprendendo a falar ainda e Tod Browning fez um dos melhores filmes de vampiros da história. O conde Drácula é interpretado por ninguém menos que Béla Lugosi, em uma das mais icônicas atuações do cinema. Reza a lenda que o ator não sabia falar inglês direito e que isso explicaria o excêntrico sotaque do personagem. O filme hoje em dia pode não ser muito assustador como era na época, mas continua sendo uma grande obra. (João Golin)

10 filmes de vampiros - Dança dos Vampiros - Sharon tate

 A Dança dos Vampiros

Em 1968, o cineasta Roman Polanski provou ao mundo a sua genialidade para o terror com O Bebê de Rosemary. No entanto, poucos lembram que no ano anterior ela já havia sido demonstrada, mas com um divertido toque de humor, em A Dança dos Vampiros. No longa, o diretor interpreta Alfred, que viaja com o professor Abronsius para caçar vampiros em um castelo na Transilvânia. Lá ele se apaixona pela filha dos proprietários, interpretada pela linda Sharon Tate, que depois casou com Polanski e todos sabem o final trágico dessa história (se não sabem, o Google ta aí). O nome em português remete à famosa e divertida cena do baile, na qual apenas três pessoas, em todo o salão, são refletidas em um espelho. (Larissa Padron)

10 filmes de vampiros - 30 dias de noite

30 dias de Noite

Mais uma produção oriunda do universo HQ, 30 dias de Noite (2007) é dirigido por David Slade, estrelado por Josh Hartnett (que eu sempre confundo com o Mark Wahlberg, não me perguntem o porquê) e pela, gatíssima e australiana, Melissa George. Plot: Barrow é uma cidadezinha minúscula do geladíssimo estado do Alaska. Detalhe, durante o inverno, este pacato centro urbano permanece cerca de um mês sem luz do sol e/ou comunicação com o resto do mundo, dadas as condições meteorológicas. Resultado, a vampirada vem sedenta de sangue fazer uma visitinha aos moradores. Em resumo, o filme começa em termos de suspense e termina em níveis do terror que flerta com o gore, sem chegar a sê-lo de fato. Vale a pena para quem gosta de muito molho de tomate na tela! P.S.: vampiros não usam guardanapos. (João Gabriel)

10 filmes de vampiros - Blade

Blade

A trilogia Blade (cujos filmes foram lançados em 1998, 2002 e 2004) é estrelada pelo truculento Wesley Snipes e baseada no vampiro homônimo dos quadrinhos. Há quem afirme tratar-se de adaptações de mau gosto, geralmente os puristas ao se depararem com as intermináveis sequências de ação características dos filmes do senhor Snipes. Há quem curta as estripulias e porradarias do daywalker assim como elas são, principalmente o clash final com o Caim cheio de ódio no coração. Na minha singela opinião os três filmes valem a pena, seja pelas espadas ninjas ou pelo Ryan Reynolds sem camisa (atenção meninas e meninos interessados!). (João Gabriel)

Deixa Ela Entrar

O livro Deixa Ela Entrar rendeu dois filmes incríveis: uma adaptação sueca (considerada pela maioria como genial) e uma norte-americana, que conseguiu surpreender com sua qualidade inesperada. Assim como em Crepúsculo, a trama gira em torno de dois adolescentes que criam um laço forte de amizade e/ou amor. A diferença é que Eli não brilha e certamente não gosta de se alimentar de bambis. A versão norte-americana é estrelada por Chloe Moretz e tem direção de Matt Reeves (Cloverfield), que demonstra competência na maneira de mostrar que Deixe-me Entrar é bem mais que apenas mais um filme sobre vampiros. (Tullio Dias)

10 filmes de vampiros - Fome de Viver

Fome de Viver

Filme de estréia do recentemente falecido Tony Scott, Fome de Viver, de 1983, é um surpreendente filme de vampiros com toque quase kitsch característico dos anos 80, repleto de estilo e originalidade. Com um trio de protagonistas formado por ninguém menos que David Bowie, Susan Sarandon e Catherine Deneuve (trajando devidamente seus Yves Sant-Laurent), o filme traz a discussão da imortalidade característica dos vampiros para um contexto contemporâneo onde a eternidade, de certa forma, também pode ser acessível aos mortais. Conhecido pela cena de sexo entre Deneuve e Sarandon, Fome de Viver tem méritos por dar uma roupagem moderna ao tema, e por ousar nas discussões sobre amor e imortalidade. (João Andrade)

10 filmes de vampiros - Anoitecer violento

Anoitecer Violento

É surpreendente se deparar com um daqueles filmes que você espera uma coisa e então descobre que é tudo completamente diferente do imaginado. Geralmente nós ficamos decepcionados quando isso acontece. Em uma maioria esmagadora de vezes, nossas expectativas nos traem e é inevitável conter a frustração, mas é justamente depois de assistir filmes como Anoitecer Violento que penso no quanto pode ser gratificante se aventurar no mundo do cinema de horror alternativo. Para cada bomba, existe uma surpresa. Como um autor, cada vez que uma novidade boa surge assim, é como se novas possibilidades se abrissem e o mundo dos filmes do terror se confirme como o gênero mais interessante do cinema. Prato cheio para os fãs de vampiros e filmes que se passam em um futuro apocalíptico. (Tullio Dias)

10 filmes de vampiros - Garotos perdidos kiefer

Os Garotos Perdidos

Os Garotos Perdidos é um dos poucos filmes de vampiro bonitão que merece respeito. O filme se passa em uma daquelas cidades que faziam cenários para os filmes dos anos 80, com todo aquele ar de aventura dos Goonies. Motoqueiros vampiros são liderados por David (Kiefer Sutherland, aquele lindo) e saem tocando o terror na cidadezinha litorânea. É de tirar o fôlego e rever sempre que possível. O filme é dirigido por Joel Schumacher em sua fase áurea. (Thais Vieira)

Nota:[cinco]

Comentários