Destaques Listas

25 Personagens femininas marcantes em filmes de Ficção Científica

O Cinema de Buteco tem o maior orgulho em apresentar a seleção que o Leonardo Lopes Carnelos preparou com as 25 personagens femininas marcantes em filmes de ficção-científica especialmente para o Dia 8 de março, também conhecido como o dia em que as mulheres merecem mais atenção e respeito do que nos outros 364. 

Contato -03

25- Teresa (Kaya Scodelario) – Maze Runner (2014)

Única mulher habitante da clareira, Teresa mostra-se fundamental na fuga por entre os labirintos desta distopia juvenil.

Kaya Scodelario Maze Runner

24- Beatrice Prior (Shailene Woodley) – Divergente (2014)

Em mais uma franquia de distopia juvenil, Tris nos mostra que nem todas as pessoas podem ser rotuladas como tendo apenas uma característica. Assunto mais do que atual na era de maniqueísmos que vivemos atualmente.

divergente3

23- Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) – Jogos Vorazes (2012)

De uma simples camponesa que precisa caçar sua janta até líder de uma revolução contra a Capital, Katniss personifica o sonho de cada mulher de ir atrás do que deseja, fazendo o que for necessário para alcança-lo.

Jogos Vorazes Em Chamas Jennifer Lawrence

22- Portia Charney (Embeth Davidtz) – Homem Bicentenário (1999)

Portia Charney percebe que Andrew, um robô asimoviano regido pelas três leis da robótica, é mais do que um simples utensílio que você usa para executar uma tarefa e depois guarda numa gaveta quando não precisa mais dele.

Homem Bicentenario - Portia Charney (Embeth Davidtz)

21- Hari (Natalya Bondarchuk) – Solaris (1972)

Mesmo sendo fruto de construção a partir das memórias de seu ex-marido, Hari consegue perceber que sua condição de visitante é prejudicial para a tripulação da nave que orbita Solaris.

Hari (Natalya Bondarchuk) Solaris

20- Terri Fisher (Connie Nielsen) – Missão Marte (2000)

Terri Fischer é uma astronauta na missão de resgaste e exploração de Marte neste filme dirigido por Brian de Palma. Apesar das críticas ao roteiro e ritmo da obra, a obstinação de Terri em cumprir a sua missão é um dos destaques da produção.

Missao Marte Connie NIELSEN

19- Julien (Julianne Moore) – Filhos da Esperança (2006)

Enquanto a raça humana caminha para a extinção certa, Julien aparece para coordenar uma operação de resgate que pode ser a nossa única chance de perpetuação da espécie nesse memorável longa-metragem de Alfonso Cuarón.

Julien (Julianne Moore) Filhos da Esperanca

18- Susan Calvin (Bridget Moynahan) – Eu, Robô (2004)

A robopsicóloga Susan Calvin é uma pessoa fria e calculista. Simplesmente ninguém entende melhor do que ela o que se passa na cabeça de um robô.

Susan Calvin (Bridget Moynahan) Eu Robo

17- Dra. Ellie Sattler (Laura Dern) – Jurassic Park (1993)

Ellie é uma paleobotânica que não gosta estudar as plantas nos livros e no laboratório: ela simplesmente (e literalmente) coloca a mão na massa. Mais do que isso, em cena com John Hammond, o dono do parque, ela deixa claro que as mulheres não se limitam e são capazes de fazer qualquer coisa – incluindo fugir de dinossauros assassinos.

Laura Dern Jurassic Park

16- Princesa Léia Organa (Carrie Fischer) – Star Wars (1977)

Esqueçam a fragilidade tradicional das princesas dos contos de fada. Léia Organa quebra o estereótipo ao ser a líder da Rebelião contra o Império e no Episódio VII – O Despertar da Força (2015 – leia a crítica aqui) reaparece como General de exércitos inteiros.

Leia - Star Wars

15- Elisabeth Shaw (Noomi Rapace) – Prometheus (2012)

Repetindo um pouco da fórmula de sucesso de Alien, Ridley Scott volta a colocar no papel principal uma mulher que além de decifrar a origem da raça humana na Terra, é a astronauta líder da expedição para encontrar nossos criadores.

Noomi Rapace esta fora de Prometheus 2

14- Dana Scully (Gillian Anderson) – Arquivo X, o filme (1998)

A cientista Dana Scully ficou famosa pelo seu ceticismo perante os casos bizarros investigados pela dupla de agentes do FBI mais querida da história da televisão. Mas ela sempre contrabalanceou com maestria a crença cega de seu companheiro Fox Mulder, gerando o equilíbrio necessário para a natureza do trabalho.

Arquivo x O Filme Scully

13- Melissa Lewis (Jessica Chastain) – Perdido em Marte (2015)

A primeira participação de Jessica Chastain nessa lista, desta vez como comandante da Ares, nave responsável pela exploração de Planeta Vermelho. Acho interessante que o filme mostra a grandeza de sua liderança nos dois momentos críticos, e ela acerta em sua decisão em ambas, tanto ao abandonar Mark num primeiro momento, quanto voltar para buscá-lo.

Perdido em Marte -3

12- Dra. Ryan Stone (Sandra Bullock) – Gravidade (2013)

Por mais que fosse inexperiente no espaço, Dra. Ryan Stone supera sua dupla jornada. A primeira interior, de superação da perda de sua filha, e a segunda, exterior, ao sobreviver a uma síndrome de Kessler de grandes proporções.

gravidade4

11- Rhoda Williams (Brit Marling) – A Outra Terra (2011)

Desde a jovem talentosa, até a mulher madura que passa tentar corrigir seus erros, Rhoda demonstra ser uma mulher de personalidade forte e suas qualidades são resumidas na redação que ela envia a NASA para ser escolhida como a representante civil da Terra a visitar a outra Terra.

Brit Marling A Outra Terra

10- Páprika (Megumi Hayashibara) – Páprika (2006)

Páprika é uma jovem cientista que participa do estudo que permite que analistas invadam os sonhos de seus pacientes para ajuda-los. É ela quem melhor se adapta as consequências inesperadas desta nova forma de terapia e pelo seu protagonismo, seu nome é quem dá título ao filme.

Paprika Personagens femininas marcantes

9- Trinity (Carrie-Anne Moss) – Matrix (1999)

O trabalho de Carrie-Anne Moss na criação de Trinity foi tão icônico que eu nunca vi ninguém se referindo a ela simplesmente como a primeira dama de Zyon por se enamorar de Neo, o escolhido. Ela é realmente peça fundamental da resistência contra a revolta das máquinas.

Matrix Carrie Anne-Moss

8- Lindsey Brigman (Mary Elizabeth Mastrantonio) – O Segredo do Abismo (1989)

A bordo de um submarino nuclear, a atuação Lindsey Brigman é fundamental para o resgate do USS Montana que naufragou misteriosamente. Ela demonstra conhecimento técnico, boas intuições e liderança necessárias a toda ótima cientista.

O Segredo do Abismo

7- Murph (Jessica Chastain) – Interestelar (2014)

Da menina curiosa até a idosa cheia de sabedoria, Murph rouba o protagonismo de Interestelar, sendo a responsável por desvendar os mistérios da gravidade junto com seu pai para garantir a continuidade de nossa espécie fora do agonizante Planeta Terra.

Jessica Chastain Interestelar

6- Sarah Connor (Linda Hamilton) – O Exterminador do Futuro (1984)

A personagem de Sarah Connor pode ser facilmente comparada com a Maria bíblica, uma vez que ela gera em seu ventre o líder de um povo na nova era que estava por vir, mas neste caso seu papel vai muito além da progenitora, pois o futuro da humanidade é diretamente afetado por suas ações.

Sarah Connor O Exterminador do Futuro

5- Zira (Kim Hunter) – O Planeta dos Macacos (1968)

No primeiro filme da série Planeta dos Macacos, Zira tem papel fundamental no desenrolar das ações por ter ser comportado como uma verdadeira cientista a luz de uma nova descoberta, não sossegar até desvendar toda a verdade, mesmo que seja necessário bater de frente com o poderoso Dr. Seuss.

O Planeta dos Macacos - Zira (Kim Hunter)

4- Nyota Uhura (Nichelle Nichols) – Jornada nas Estrelas: O Filme (1979)

Como oficial chefe das comunicações a Tenente-Comandante da USS Enterprise, Nyota Uhura é muito mais do que uma mulher negra que protagonizou o primeiro beijo inter-racial da televisão nos EUA. Ela simplesmente representa o espírito de que as mulheres podem ocupar o lugar que elas quiserem. Neste caso, o céu não é o limite, mas sim o Espaço, a fronteira final, o é.

Star Trek - Nyota Uhura (Nichelle Nichols)

3- Imperatriz Furiosa (Charlize Teron) – Mad Max: Estrada da Fúria (2015)

Pra quem não percebeu, Furiosa está no título tanto como Mad Max, e portanto divide com ele o protagonismo do quarto filme da franquia de George Miller. A grande diferença entre os dois é que enquanto Max participa da ação por mera circunstância de estar no lugar errado na hora errada, Furiosa é quem move a trama pra frente, liderando uma rebelião dirigindo sua máquina de guerra que foge em disparada em meio ao deserto.

Mad Max Estrada da Furia

2- Tenente Ellen Ripley (Sigourney Weaver) – Alien, o oitavo passageiro (1979)

Ridley Scott, influenciado por grandes clássicos literários do terror, criou um dos melhores filmes do gênero. Um dos seus maiores acertos foi a escolha de Sigourney Weaver para dividir o protagonismo do filme com o próprio Alien. No comando da sua nave cargueira Nostromo, ela quebra diversos estereótipos muito presentes no gênero até então.

Alien o Oitavo Passageiro

1- Eleanor Arroway (Jodie Foster) – Contato (1997)

Jodie Foster deu vida a personagem de Carl Sagan que passou a vida tentando encontrar uma mensagem vinda do céu. Ellie é uma das mulheres mais incríveis da ficção científica por ter detectado e decifrado a primeira mensagem extraterrestre enviada para o planeta Terra. Fora isso ela foi escolhida como a pessoa melhor preparada no mundo inteiro para realizar o primeiro contato alienígena, simplesmente a pessoa mais adequada no mundo inteiro para representar toda a raça humana.

Melhores Filmes no Espaço - Contato

Leonardo Carnelos

Leonardo Carnelos é engenheiro mecânico aeronáutico, árbitro de tênis e responsável pelo blog Art Perceptions (www.artperceptions.com). Paulista, paulistano e palmeirense, acredita que a vida não faz sentido sem o estudo da Arte.