Cinema por quem entende mais de mesa de bar

As cenas musicais de 2016 no cinema

O CINEMA DE BUTECO TEM UMA PAIXÃO SELVAGEM POR MÚSICA E TODO ANO SEPARAMOS NOSSAS CENAS MUSICAIS FAVORITAS. Esse ano, depois de Deadpool e Esquadrão Suicida, não tinha como deixar de lado essa lista e aqui está o resultado! Apreciem sem moderação!

[Se você tiver sugestões, adicione nos comentários!]

– Mr. Bob “massacra” a música “Noite Feliz” no piano enquanto acompanhamos uma discussão acalorada entre os personagens de Bruce Dern e Samuel L. Jackson em Os Oito Odiados.

- Advertisement -

– Uma banda gospel faz uma apresentação super feliz de “Creep”, do Radiohead. Completamente dentro do contexto da comédia A Grande Aposta.

– “Creep” também aparece em Enfurecidos, um dos melhores filmes de ação da temporada e devidamente reconhecido na nossa lista do gênero.

– O personagem de Joseph Gordon-Levitt faz uma coisa estúpida como pedir a ex-namorada em casamento durante um show da Miley Cyrus e cantando “Wrecking Ball” em Sexo, Drogas e Jingle Bells.

– Detesto “Careless Whisper” com todas as minhas forças, mas como não achar legal a cena final de Deadpool que faz referência a Digam o que Quiserem, de Cameron Crowe?

https://www.youtube.com/watch?v=FDKFPkM23Rc

– Falando em Cameron Crowe, a melhor cena musical do ano não está num filme, mas na sequência final em que Imogen Poots corre ao som de “Given to Fly”. Para entender mais sobre a beleza dessa cena, sugiro ler a crítica completa do primeiro episódio da série Roadies. Ou só aceitar a minha opinião de que essa cena é imbatível.

https://www.youtube.com/watch?v=t_IZq9u0n6A

– Chet Baker cantando “I Never Been in Love Before” no seu retorno aos palcos em Born to be Blue e destruindo o coração da sua amada (e os nossos).

– “Sweet Child o Mine” em Capitão Fantástico consegue emocionar até quem não venera o Guns n’Roses de tão bonita e oportuna é o seu uso. A narrativa vai dando pistas para esse momento e quando acontece é forte. Mesmo.

– John Carney dirigiu Sing Street e colocou em cena tudo que um adolescente sente quando está decidido a transformar o seu sonho de ter uma banda em realidade. Para quem ama música, esse filme é obrigatório!

– A minha piada favorita de Irmão de Espião coloca Sacha Baron Cohen bancando o cover do Liam Gallagher ao som de “Cigarettes and Alcohol”. Não sei você, mas eu ri pra cacete disso.

Esquadrão Suicida inteiro é uma grande cena musical. Infelizmente não é tão bom quanto parece, mas existem boas músicas no meio dessa bagunça.

– “Sweet Dreams” em X-Men: Apocalipse merece ser lembrada como uma das poucas coisas de qualidade no longa-metragem. Ainda assim, nem original é, já que o Mercúrio já havia recebido uma cena praticamente igual em Dias de um Futuro Esquecido.

https://www.youtube.com/watch?v=io9L_EyzmO8

– O amigo Guilherme Huyer lembrou do Patrick Wilson fazendo uma imitação de Elvis Presley ao som de “Can’t Help Falling in Love With You” em Invocação do Mal 2.