Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Cenas de beijo no cinema em 2016

DANI PACHECO E TULLIO DIAS ABRIRAM SEUS CORAÇÕES PARA ENCONTRAREM ALGUMAS DAS MELHORES CENAS DE BEIJO NO CINEMA EM 2016. O resultado pode ser conferido logo abaixo, e mais do que nunca, inspirem-se sem moderação!

Swiss Army Man

Hank e Manny têm uma relação bastante peculiar nessa dramédia que foi destaque no cenário independente de 2016. Umas das diversas cenas bizarras/fofas da produção é o beijo dos personagens.

- Advertisement -

https://www.youtube.com/watch?v=Q90MbPrCqK8

Como Eu Era Antes de Você

O filme é daqueles romances comoventes e doces, geralmente lançados no meio do ano (verão norte-americano), os quais encantam plateias e fazem dinheiro até falar chega. Tipo A Culpa é das Estrelas. Neste caso, a adaptação estrelada por Emilia Clarke e Sam Claflin chega a discutir um pouco a questão do suicídio assistido, mas o que faz dela um longa marcante é a química entre os dois atores. Eles foram convincentes e praticamente perfeitos do início ao fim, portanto, foi fácil se identificar com ambos e quase se derreter no beijo que compartilham na tela.

Deadpool

Ok, é um filme de ação da Marvel/Fox e bastante engraçado. Porém, não foi coincidência ver a produção ser lançada no Dia dos Namorados do hemisfério norte. Deadpool nada mais é que uma história de amor sobre um homem que sofre com a descoberta de um câncer, transforma-se completamente, vinga-se daqueles que lhe fizeram mal e, acima de tudo, tenta salvar a vida da mulher que ama. Temos várias cenas românticas, mas a final é, sem dúvidas, uma das melhores do ano, que praticamente resume o filme em poucos minutos, com todo o amor e humor do protagonista.

https://www.youtube.com/watch?v=SOxrJKdPsyc

Capitão América: Guerra Civil

Nós já esperávamos um romance entre o Capitão América e a agente Sharon Carter, então não foi uma surpresa vê-los se beijar no filme. Mas o Chris Evans e a Emily VanCamp são lindos demais e a reação do Falcão e do Bucky é maravilhosa. Tinha que entrar na lista.

https://www.youtube.com/watch?v=XDi1en_WF5Y

Carol

Gosto da construção do romance entre as personagens de Rooney Mara e Cate Blanchett em Carol. Demora mais de uma hora até que o casal finalmente se beije. Quando isso acontece, é numa bela cena em que não havia mais como adiar o momento.

Creed

Adonis usa o charme do garoto inocente que não quer nada e aproveita que está deitado ao lado de sua musa ouvindo música e lhe tasca um beijo no rosto. De boa. De leve.

Brooklyn

A velha frase “Nos tempos da minha avó” nunca fez tanto sentido quanto em Brooklyn. O romance do italiano com a irlandesa é todo meigo, com passeios de mãos dadas para ir ao cinema ou tomar um sorvete antes de irem para o baile. Mesmo naqueles tempos, o tesão ainda tinha a potência de uma bomba atômica e percebemos isso na primeira chance que eles tem de dormirem juntos.

Rogue One: Uma História Star Wars

Tentaram recriar o romance de Han Solo e Leia Organa invertendo os gêneros dos personagens em Star Wars: Rogue One, mas a ideia até que venceu o clichê e se mostrou interessante. Na medida do possível que o filme permite, o romance entre Felicity Jones e Diego Luna merece uma menção.

Comentários