Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Especial: Dia das Bruxas e as cenas mais assustadoras do cinema

A Dani Pacheco preparou o seu ranking pessoal com as suas sete cenas mais assustadoras do cinema e convida os nossos leitores para contarem quais são as suas favoritas:

cenas mais assustadoras

Como não pensar em terror no Dia das Bruxas? Impossível. É por isso que decidi fazer uma seleção das cenas mais assustadoras dos últimos 15 anos (2000-2015), com sete destaques. Provavelmente deixei de fora muitas outras arrepiantes, mas estas foram as que mais me deixaram com medo nos últimos anos.

- Advertisement -

OBS: lembre-se de que temos todo um contexto nos vídeos abaixo, então considere todo o clima já construído até aquele momento.

 

7- O Chamado (2002)

O remake americano do terror japonês marcou minha adolescência e minha experiência com filmes de terror. O filme não só tem um roteiro macabro e uma direção sombria, como consegue nos deixar aterrorizados sem vermos a entidade responsável por aquilo tudo até o final. Isso é sensacional. A cena de abertura prova isso, quando Katie (Amber Tamblyn) chega ao seu sétimo dia e tenta escapar de todas as formas possíveis. Tenta.

 

6- A Entidade (2012)

Um dos poucos filmes de terror que conseguiu me deixar morrendo de medo nos últimos anos foi A Entidade. Ele pode ter os seus clichês e tudo mais, mas a história de Mr. Boogie e como ele possui crianças e as faz cometer atrocidades foi demais para mim.

 

5- Atividade Paranormal 3 (2011)

Acho que o terceiro filme da série foi o que mais me assustou (e o último que eu gostei também). O fato dele ter sido ambientado em 1988 e não ter existido, naquela época, câmeras digitais para serem inseridas em diversas partes da casa, obrigou o roteiro a usar uma câmera analógica. Ela se movimentava lentamente, de um lado para o outro, a fim de monitorar o que se passava no local. É claro que o filme usa isso para nos deixar ainda mais assustados, como na cena abaixo. O objeto vai e volta e, de repente, Toby está debaixo de um lençol, atrás da babá das garotas. Minutos depois ele dá um susto na garota para ela nunca mais pisar ali.

 

4- Premonição (2000)

Premonição é uma das franquias mais bem boladas de terror. Por mais que nós saibamos que a maioria ou todos os personagens ali vão morrer, o sentimento de angústia que fica dentro de nós vendo os filmes é simplesmente bizarro. O primeiro da série, também o meu favorito de longe, tem diversas cenas que quase nos provocam um infarto. Fiquei na dúvida entre a do trem e a da banheira, mas acho que o lento enforcamento de Todd (Chad E Donella) ganha a batalha da mais terrível das duas, mesmo com Seann William Scott perdendo a cabeça.

 

3- Madrugada dos Mortos (2004)

Tenho pavor de zumbis. Pavor. Tanto que nem vejo The Walking Dead, apenas produções mais leves como Meu Namorado é um Zumbi (2013) ou Todo Mundo Quase Morto (2004). O último filme realmente assustador que vi de zumbis foi Madrugada dos Mortos, quando era adolescente. Ele foi suficiente para que eu nunca mais visse nada do tipo de novo. Por quê? A cena abaixo, uma das primeiras do longa, justifica isso. Imagine ver o seu marido ser mordido por uma menininha zumbi, morrer na sua frente e virar um zumbi logo depois; tudo isso dentro do seu quarto. Pois é.

 

2- Jogos Mortais (2004)

Uma franquia que marcou o cinema foi Jogos Mortais. Iniciada em 2004, ela deixou milhões de pessoas no mundo todo aflitas e amedrontadas com as armadilhas de Jigsaw (Tobin Bell). Já no primeiro filme, o melhor de todos na minha opinião, temos uma cena assustadora (a final é talvez a maior de todas, mas não quero dar spoiler aqui), daquelas que nos deixa não só roendo as unhas, mas pensando: “E se fosse eu ali?”. Nela, Amanda (Shawnee Smith) tem que tirar uma armadilha de urso da cabeça, só que a chave está no estômago do seu namorado. Sim, é nesse nível mesmo.

https://www.youtube.com/watch?v=9VZn8LYFS78

 

1- Psicopata Americano (2000)

Christian Bale. Esse Christian Bale viu…se tem um filme no qual o ator dá um espetáculo de atuação é Psicopata Americano, quando ele tinha seus 20 e poucos anos. Do início ao fim ele domina o filme e o seu complexo personagem e ver isso é basicamente uma obrigação para os fãs dele e do gênero. Um das cenas mais marcantes da produção é a em que Patrick acaba com Paul Allen (Jared Leto) ao som de Huey Lewis and the News. Genial. E aterrorizante de um modo extremamente cômico.

 

Bônus

Planeta dos Macacos – O Confronto (2014)

Um dos motivos pelos quais amei o último filme do Planeta dos Macacos foi Koba (Toby Kebbell). O personagem simplesmente aterrorizou a história e deu um tom extremamente sombrio ao longa. Tanto que eu até chego a considerá-lo um terror, além de ação, é claro. Tenho até arrepios vendo uma cena destas:

 

 

Comentários