Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Os Melhores Filmes de 2016

#20

Snowden (Oliver Stone, 2016) PQP, Oliver Stone! PQP! Quando um diretor desse calibre acerta a mão, você precisa apenas assentar e relaxar para aproveitar a experiência de assistir a um dos melhores longas do ano. Snowden apresenta Joseph Gordon-Levitt no papel do ex-agente da CIA Edward Snowden, o cara que denunciou todo o esquema de espionagem mundial do exército norte-americano.

Conhecido por pesar a mão e costumar arrastar a narrativa em muitos de seus filmes (Selvagens, W. ,Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme, para falar dos mais recentes), Stone conta a sua história com uma fluidez inacreditável. Méritos também para o protagonista, numa atuação inspirada de Gordon Levitt. Filmaço que marca o primeiro projeto excepcional do cineasta desde Um Domingo Qualquer, de 1999.

- Advertisement -

Recomendado para quem gosta de: História real, Espionagem, ver o governo dos EUA se ferrando, internet, tecnologia, WikiLeaks, Edward Snowden


#19

Creed – Nascido para Lutar (Creed, Ryan Coogler, 2015) ) Ryan Coogler só tinha um filme na carreira e bastante pequeno: Fruitvale Station (2013). Em seguida, decidiu fazer um spinoff de uma das franquias mais famosas do cinema, Rocky. Parecia ousado demais para um jovem cineasta, mas ele assumiu o projeto, escreveu e dirigiu, e o resultado em Creed – Nascido Para Lutar é sensacional.

Uma nova imersão na vida de Rocky Balboa, só que, agora, por meio do filho de Apollo Creed. Um filme recheado de lutas emocionantes e cenas dramáticas calibradas, as quais nos permitem conferir um outro lado de Sylvester Stallone, um lado mais comovente, algo raro de se ver.

Recomendado para quem gosta de: Rocky, Sylvester Stallone, filmes de luta, motivação


#18

Jogo do Dinheiro (Money Monster, Jodie Foster, 2015) “Quarto longa dirigido por Jodie Foster, é também o seu melhor momento atrás das câmeras, captando muito bem o sensacionalismo e instantaneidade por trás do jornalismo praticado hoje e a vida privilegiada obtida por alguns figurões em detrimento da desgraça de vidas anônimas.”

E vamos combinar que a diretora é sensacional em reunir grandes elencos. Em Jogo do Dinheiro, ela tem o fenomenal ator Jack O’Connell (’71; Encarcerado), interpretando o sequestrador puto da vida com o personagem de George Clooney. Sem falar na personagem incrível de Julia Roberts.

Recomendado para quem gosta de: economia, sensacionalismo, programas de TV, apresentadores canastrões, Cidade Alerta do dinheiro, sequestro, tensão


#17

Um Cadáver Para Sobreviver (Swiss Army Man, Daniel Kwan, Daniel Scheinert, 2016) Quando alguém reclamar que Hollywood anda sem criatividade ou que esse ano foi ruim para o cinema, minha sugestão é: indique Um Cadáver Para Sobreviver para essa pessoa.

A comédia apresenta a uma fantástica aventura psicológica de um suicida que encontra conforto num cadáver, com quem passa a interagir e conversar. Paul Dano está arrepiante, como de costume, na pele de um homem danificado mentalmente e incapaz de conseguir lidar com a sua insignificância no mundo. Já Daniel Radcliffe tem uma das melhores atuações de sua carreira interpretando um cadáver desprovido de modos pós-vida.

Recomendado para quem gosta de: comédia, Náufrago, Um Morto Muito Louco, peidar no sofá/cama/elevador; rir de coisas esquisitas; senso de humor bizarro; romances idealizados, solidão, depressão


#16

Capitão América: Guerra Civil (Captain America: Civil War, 2016) Extremamente aguardado, o terceiro título do herói-patriota da Marvel – embora similar a um novo Vingadores – é o exemplo do tipo de cinema que o estúdio deveria se empenhar em realizar com mais frequência. Uma vez abandonando a estrutura de antagonismo tradicional do subgênero ao atritar dois aliados, Capitão América: Guerra Civil consegue habilmente problematizar e discutir, de forma complexa e séria, a questão do heroísmo, assim inegavelmente dando um passo além das tradicionais fórmulas de entretenimento da Marvel. O famigerado duelo foi às telas, portanto, com a dignidade merecida. (Leonardo Lopes)

Recomendado para quem gosta de: discutir política com amigos no Facebook, reuniões de família, traições e igualdade.

https://www.youtube.com/watch?v=eh62A8DDz4U