Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Missão: Impossível – Do Melhor Para o Pior

TOM CRUISE ESTÁ EM CARTAZ NOS CINEMAS BRASILEIROS COM MISSÃO: IMPOSSÍVEL – EFEITO FALLOUT. O sexto exemplar da série Missão: Impossível, também conhecida como menina dos olhos do astro, que é o produtor e gosta de dispensar dublês para as cenas mais perigosas, recebeu inúmeros elogios (merecidos) e acabou me obrigando a recuperar um velho hábito: ranquear a série do melhor para o “menos melhor”.

Deixem nos comentários a sua lista!

6- Missão: Impossível 3

- Advertisement -

J.J. Abrams e Philip Seymour Hoffman se uniram a Tom Cruise em 2006 para filmar Missão: Impossível 3. Confesso que os anos fizeram bem para essa obra, que não envelheceu tão mal, mas ainda assim ocupa o lugar menos nobre no meu ranking.

5- Missão: Impossível – Nação Secreta

Como é que o melhor vilão de toda a história da série teve o azar de aparecer logo numa das produções mais irregulares? Tecnicamente até acho que Nação Secreta poderia aparecer antes do longa comandado por John Woo, mas minha frustração pessoal com a aguardada continuação de Protocolo Fantasma impede isso. Existem bons momentos, as famosas cenas sem dublês etc, mas faltou aquele “tcham” especial.

4- Missão: Impossível 2

Minha lembrança de Missão: Impossível 2 se resume a duas coisas: “I Disappear“, clipe oficial gravado pelo Metallica para a trilha sonora; e pensar que Dougray Scott quase impediu que Hugh Jackman se tornasse um astro de Hollywood ao abandonar a pré-produção de X-Men – O Filme. John Woo chutou o pau da barraca e mostrou que Ethan Hunt podia ser muito mais que um agente que fica se balançando nas cordas dentro da sala mais protegida do mundo. Se não fosse por ele, provavelmente os rumos da série seriam completamente opostos.

3- Missão: Impossível – Efeito Fallout

A crítica está amando! O público está alucinando! Efeito Fallout realmente é um belo exemplar de ação, mas possui alguns probleminhas (Detalhados na minha crítica) que impedem qualquer possibilidade da obra figurar no topo da franquia. Agora se o seu interesse é exclusivamente para as cenas de ação, talvez você entre para estatística que está idolatrando Efeito Fallout como melhor filme de ação de 2018. Talvez até seja…

2- Missão: Impossível – Protocolo Fantasma

Lembro claramente de chegar na redação do Cinema em Cena e falar com o então editor Renato Silveira sobre o quanto havia gostado de Protocolo Fantasma. Falei que me surpreendi por gostar de novo de alguma coisa da série. A quarta aventura foi um tipo de reboot colocando em cena coisas boas presentes no original e até nas sequências, mas sem deixar de adicionar detalhes novos para dar aquele frescor. A direção de Brad Bird possivelmente contribuiu para tornar a obra ainda mais especial.

1- Missão: Impossível

Brian De Palma. Simples assim. Por melhor que sejam os outros diretores que visitaram a série Missão: Impossível no passado, nenhum deles tem a sensibilidade para conduzir um bom thriller. Em 1996, só existia um filme, e o tom dele era completamente oposto. Era um verdadeiro filme de espionagem com sequências de tirar o fôlego sem precisar apelar para a ação desenfreada. Está para nascer uma aventura de Ethan Hunt mais arrepiante!

Comentários