Cinema por quem entende mais de mesa de bar

#RetrospectivaButeco – Melhores Clipes de 2015

A música faz parte do Cinema de Buteco e esse ano decidimos eleger também os melhores clipes de 2015. Veja a seleção preparada por Tullio Dias.

Melhores clipes de 2015 - Natalie Dormer

SEPARAMOS OS MELHORES CLIPES DO ANO, mas levamos em consideração um detalhe muito importante: só foram eleitos os vídeos que contam com alguma relação com o mundo dos filmes. Ou então aqueles clipes que realmente se destacaram e merecem a atenção de qualquer admirador do mundo da música. Para quem ainda se pergunta se as pessoas assistem a clipes em 2015, a resposta é um grande “sim, nós assistimos.”

- Advertisement -

Aprecie sem moderação.

10 – “See You Again” – Wiz Khalfia e Charlie Puth

Wiz Khalfia encontrou um sósia do Sam Smith para gravar “See You Again”, faixa que homenageia o bonitão Paul Walker, protagonista da franquia Velozes e Furiosos que faleceu recentemente. O clipe é nada mais que uma compilação de algumas das cenas de Walker ao lado de Vin Diesel, Michelle Williams e todos os seus companheiros ao longo dos filmes da série. Uma bela, e merecida, homenagem!


9 – “Out of the Black” – Royal Blood

OK. Podem dizer que não tem nenhum ator conhecido nesse vídeo, mas depois de assistir até o fim quem irá reclamar de “Out of the Black” ter sido incluído nessa lista de melhores do ano? Sinceramente. Uma história cheia de sangue, extra-terrestres e violência gráfica animada merece toda a nossa atenção e carinho.


8- “Psycho” – Muse

O Muse já havia flertado com o cinema de Stanley Kubrick no clipe de “Time is Running Out” e agora faz homenagem para o super clássico Nascido Para Matar no lyric video de “Psycho”, uma faixa baseada numa riff já tocada pela banda em todos os shows nos últimos 10 anos. “Dead Inside” poderia ser outra opção, mas já extrapolamos a cota de trapaças aqui…


7- “Song for Someone” – U2

Woody Harrelson está na pele de um prisioneiro prestes a encarar a liberdade e a filha (interpretada pela própria filha do ator). Independente de você ser fã do U2 ou não, é difícil não ficar emocionado com esse curta-metragem com uma das canções do trabalho mais recente de estúdio da banda de Larry Mullen, Adam Clayton, The Edge e Bono Vox.


6- “I Really Like You” – Carly Rae Japsen

Essa é uma situação engraçada. Nunca na minha vida imaginei ver o Tom Hanks estrelando um clipe musical, ainda mais de uma atração pop moderninha como Carly Rae Jepsen. Ainda mais com uma dança desengonçada dessas, que mais parece como uma ideia de homenagear o clássico “Thriller”, de Michael Jackson, na qual eles descobriram que não ia dar certo e simplesmente decidiram dançar de qualquer jeito e se divertirem.


5- “Bad Blood” – Taylor Swift

Ganhador do VMA deste ano, o videoclipe conta a história de um grande beef entre ela e sua eterna BFF Selena Gomes, pois agora possuem “Bad Blood”. Para ajudá-la nesta guerra armada, Taylor conta com um elenco feminino pesado portando armas de altíssimo calibre. De Lena Dunham à Cindy Crawford, passando por nomes como Jessica Alba e Cara Delevingne, o elenco dá uma grande avanço na indústria audiovideográfica colocando mulheres em papeis que teoricamente seriam masculinos em tela, representando o empoderamento feminino. “Bad Blood” é divertido, contextualizado socialmente e foge muito do óbvio romântico da canção, contando uma história interessante e inusitada. (Jairo Borges)


4- “Sugar” – Maroon 5

Antes de qualquer acusação de “Hey, vocês estão trapaceando!”, vale a lembrança que o Adam Levine também é ator. Mesmo se não fosse, o vídeo de “Sugar” é provavelmente uma das coisas mais criativas que o Maroon 5 fez em toda a sua carreira. A canção pop grudenta fica com um potencial ainda maior por conta de toda a sensação boa que o clipe transmite.


3- “Bitch Better Have My Money” – Rihanna

Rihanna deixou uma lição importante para o pessoal em 2015: cuidado para quem você fica devendo uma grana. A pessoa pode juntar umas amizades meio surtadas e se vingar com violência pelo não pagamento de uma dívida. Cheio de atores famosos, sangue e sensualidade, “Bitch Better Have my Money” renderia um belo longa-metragem.


2 – “Someone New” – Hozier”

Natalie Dormer interpreta uma verdadeira devoradora de reis em Game of Thrones. O Hozier sacou isso e brincou no clipe de “Someone New”, em que a bela atriz fantasia com homens e mulheres que encontra pelo caminho. Brincadeiras a parte, o clipe mostra a tristeza e solidão de uma pessoa na busca por alguém que a faça sentir-se amada.


1 – “Elastic Heart” – Sia

Lançado em janeiro, o clipe da Sia causou muita polêmica. E nada melhor que contar com a participação de um ator polêmico como Shia LaBeouf. No vídeo, o ex-protagonista de Transformers contracena com uma garota de 12 anos e o resultado foi a patrulha do politicamente correto acusando Sia de apologia à pedofilia. A cantora inclusive teve que se explicar no Twitter dizendo que os dois atores do clipe interpretam uma mesma pessoa e sua consciência cheia de conflitos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.