Top 5: Cinco roqueiros que se envolveram com cinema

maxresdefaultAlguns roqueiros se aventuraram, e outros vêm se aventurando na onda de escrever roteiros e produzir filmes para o cinema.

Será que esses músicos, realmente mandam bem além dos palcos?

Você confere agora uma lista de alguns dos maiores destaques do Rock And Roll que deixaram sua marca também no universo da Sétima Arte…

  1. Bruce Dickinson (Iron Maiden) –  CASAMENTO QUÍMICO

O mais aclamado dos vocalistas que passaram pelo Iron Maiden escreveu o roteiro e produziu a trilha sonora de The Chemical Wedding (em português “Casamento Químico”), que tem sua história centrada na vida de Aleister Crowley, famoso ocultista britânico. Aliás, muitos músicos do Rock And Roll já prestigiaram Crowley em algumas canções. O filme tem seus méritos pena trilha sonora e para compreender um pouco melhor a vida dessa misteriosa lenda que foi Aleister Crowley. Apesar da fama de Bruce e do Iron Maiden, infelizmente a produção não foi muito popular no Brasil…

https://www.youtube.com/watch?v=14t7nR2nEwg

  1. Bret Michaels (Poison) – CORREDOR DA MORTE

Lançado em 1998, o filme narra a história do personagem Michael, que escreve sua versão sobre o assassinato de sua namorada, crime do qual se jura inocente e pelo qual foi condenado à morte. A trama evolui dentro dessa tensão e conta uma boa pitada de suspense. Esse agradável longa foi dirigido e roteirizado por ninguém mais, ninguém menos, do que um dos mais renomados vocalistas do Rock And Roll, Bret Michaels, que cantou na glamourosa banda Poison. Além de ter sido diretor do filme, o músico também já fez participações no cinema como ator.

  1. Pete Townshend (The Who) – TOMMY

O guitarrista do The Who ajudou o diretor Ken Russell a produzir Tommy, baseado na Ópera Rock que a banda lançou em 1969. O trabalho de Townshend foi muito bem feito, e o filme chegou a receber premiações no Globo de Ouro, e receber indicações ao Oscar. Com certeza o músico poderia ter seguido carreira de roteirista, pois antes mesmo de trabalhar nessa produção, já criou um álbum (Tommy) que equivale genuinamente por uma obra literária! Vale a pena conferir o musical de Pete Townshend, uma obra psicodélica e totalmente fantástica.

  1. Nick Cave (Nick Cave And The Bad Seeds) – OS INFRATORES

O músico australiano é conhecido por compor canções sombrias e melancólicas. Para quem gosta de seu estilo sonoro, Os Infratores é um prato cheio. O texto reflete muito bem o espírito musical do cantor. Cave obteve enorme reconhecimento por seu trabalho em Os Infratores. Se você é fã do músico, não deixe de conferir!

  1. Slash – Guns n’ Roses: BOCA DO INFERNO:

O envolvimento do guitarrista Slash com o cinema é tão grande, que o roqueiro possui até uma empresa de filmes chamada “Slasher Films”. Sua primeira participação como produtor foi na obra de horror Nothing Left To Fear (“Boca do Inferno” em português), lançada em 2013. Em entrevista ao The Pulse Of Radio, o lendário guitarrista comentou: “Produzir um filme é definitivamente mais complexo… Isso é um processo demorado, levantar o dinheiro é muito difícil, porém, eu realmente gostei disso, já que eu tenho uma grande paixão por aquilo que quero fazer dentro do longa, e além disso eu adoro está envolvido no processo de desenvolvimento, encontrando as pessoas certas, conseguindo e reunindo todos os componentes necessários para almejar fazer um grande filme, você sabe“.

Nothing Left To Fear é um terror que, infelizmente, não é nenhuma obra prima, apesar de poder dar um ou outro susto. Mas… tendo as mãos de Slash na produção, com certeza vale a pena conferir!

Juliana Vannucchi