Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Top 10- Os melhores filmes de guerra de 2017

O Cinema de Buteco orgulhosamente apresenta os melhores filmes de guerra de 2017. Apreciem sem moderação!

PELO TERCEIRO ANO CONSECUTIVO APRESENTAMOS A NOSSA SELEÇÃO ANUAL COM OS GRANDES FILMES DE GUERRA DO ANO. Acompanhe o material completo logo a seguir, mas fica a dica: nós consideramos qualquer produção que tenha guerra como tema – não necessariamente são produções focadas no cinema de ação.

Saiba agora quais são os 10 melhores filmes de guerra de 2017

- Advertisement -

#10 – O Zoológico da Varsóvia

(The Zookeeper’s Wife, Niki Caro, 2017) A adaptação do livro de Diana Ackerman apresenta a história real de Antonina e Jan Zabinski, que lutaram para manter um grande número de animais vivos durante a invasão alemão, além de ajudarem a salvar a vida de inúmeras pessoas na II Guerra Mundial.

Estrelado por Jessica Chastain, O Zoológico da Varsóvia é uma produção sensível e emocionante que prende a nossa atenção do começo ao fim. É aquela história, né? Conhecer a vida de verdadeiros heróis de Guerra mexe com a gente sempre.


#9- A Longa Caminhada de Billy Lynn

poster billy lynns - melhores filmes de guerra de 2017(Billy Lynn’s Long Halftime Walk, Ang Lee, 2016) Ang Lee (As Aventuras de Pi) conta a história real de um jovem soldado norte-americano de 19 anos que sobrevive a um ataque no Iraque, em 2005. Como “recompensa” pelo feito, ele e os companheiros sobreviventes são convidados pelo presidente George W. Bush para receber uma homenagem no intervalo de uma partida de futebol americano.

Lançado diretamente em DVD, o trabalho mais recente de Ang Lee até pode ser considerado abaixo das expectativas, mas está bem longe de ser uma completa frustração. Através de uma narrativa fragmentada em que acompanhamos momentos de confrontos da tropa no Iraque e depois que voltam aos EUA, descobrimos um pouco mais sobre o protagonista, que é apenas um garoto sendo forçado a amadurecer para garantir a sobrevivência na Guerra.


#8- Campo Minado

poster mine(Mine, Fabio Guaglione, Fabio Resinaro, 2016) Depois de uma tentativa fracassada de assassinato, um soldado norte-americano se encontra perdido no meio do deserto e acaba pisando acidentalmente numa mina terrestre. Incapaz de se mover e sem ter nenhum recurso para escapar dessa situação, o cara entra numa verdadeira luta física e psicológica para não tirar o pé do lugar e ter uma morte dolorosa.

Armie Hammer (A Rede Social) dá um verdadeiro show. Dentro das suas limitações como ator, ele consegue surpreender dando uma inesperada carga dramática e background familiar pesado para seu personagem. Sua expressão durona e sofrida por conta dos seus traumas e escolhas é um dos pontos altos de Mine. Vale dizer que o ator leva o filme inteiro praticamente sozinho, o que eleva a sua responsabilidade para conquistar o público.


#7- Aliados

(Allied, Robert Zemeckis, 2016) Escrito por Steven Knight (responsável pelo roteiro de Senhores do Crime, de David Cronenberg; e roteiro e direção de Locke, com Tom Hardy), Aliados trabalha um romance com tudo ao seu favor. Ou você acha mesmo que uma trama romântica que se passa em Casablanca e conta com dois espiões interpretados por Brad Pitt e Marion Cotillard poderia dar errado?


#6- Na Mira do Atirador

na mira do atirador - filmes de guerra 2017(The Wall, Doug Liman, 2017) Dois soldados norte-americanos ficam cercados por um lendário sniper e sobrevivem protegidos atrás de um pequeno muro.

Doug Liman conseguiu criar uma atmosfera densa e angustiante nessa trama sufocante em que um passo errado pode significar a morte.

Aaron Taylor-Johnson (Kick-ass) é o soldado que tenta encontrar uma maneira de se livrar do problemão em que se meteu, mas logo descobre que talvez isso seja impossível. Filmaço para quem adora produções realmente tensas.

Comentários