Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Top 10- Os melhores filmes de terror de 2017

Conheça agora o ranking de melhores filmes de terror de 2017. Apreciem sem moderação!

A LISTA DE MELHORES FILMES DE TERROR NASCEU EM 2011 e é um dos maiores sucessos de audiência do Cinema de Buteco. São centenas de acessos diários querendo pesquisar sobre os grandes lançamentos do gênero com as minhas dicas, já que me tornei o responsável direto pelas listas de final de ano e sou o mais hardcore da equipe quando se fala em terror.

A edição deste ano foi beneficiada pela surpreendente quantidade de blockbusters de qualidade, como o mega bem-sucedido It: A Coisa, que se tornou o filme de terror que mais faturou nas bilheterias. Mas, como é de costume, não espere encontrar apenas as dicas mais óbvias aqui. Existem surpresas esquisitas, como sempre.

- Advertisement -

A novidade para 2017 é que criamos uma lista exclusiva para humor-negro e você pode ler aqui. Outra coisa que precisa ser dita é que existem possibilidades desse post ser atualizado com novas dicas ao longo de 2018.

Quero agradecer ao parceiro Marcelo Seabra, do blog O Pipoqueiro, pela ajuda nos textos para concluir a matéria.

Menções honrosas:

critica annabelle 2


Annabelle 2: A Origem do Mal 
(Annabelle: Creation, David F. Sandberg, 2017) O longa-metragem, como o próprio título sugere, tem a intenção de se posicionar como uma narrativa sobre a origem da boneca. Mas ao contrário da maioria das famigeradas pré-sequências caça-níqueis que começam a buscar formas de monetizar em cima de qualquer possibilidade que o mesmo produto/obra oferece, Annabelle 2 é muito bom mesmo!

Recomendado para quem gosta de: Annabelle; Invocação do Mal; It: A Coisa

melhores filmes de terror de 2017 - found footage 3D

Found Footage 3D (Steven DeGennaro, 2016) A lista de melhores filmes de terror de 2017 não vai fugir da nossa regra e vai incluir produção found footage sim. No caso, Found Footage 3D apresenta um humor cruel combinado com muitas cenas de violência e gore. A ideia da trama é apresentar um grupo de produtores amadores decididos a realizar o primeiro found footage em 3D, mas as coisas dão errado e todo mundo começa a morrer.

Recomendado para quem gosta de: Found footage; Atividade Paranormal; A Morte do Demônio; Terror nos Bastidores

Nunca Diga o Seu Nome (The Bye Bye Man, Stacy Title, 2017) Sabe aquele tipo de produção de terror que todo mundo acha tosca, mas secretamente você tem uma queda? Me sinto assim com esse filme que conta a história de uma entidade macabra que começa a perseguir três estudantes universitários. Aguarde por sustos, atuações fracas, mas um tradicional filme de terror apaixonante.

Recomendado para quem gosta de: Candyman; Jogo Perigoso

the lure melhores filmes de terror

A Atração (The Lure, Agnieszka Smoczynska, 2015) Confesso que não estudei ou li/assisti muito sobre sereias. Sei o básico de que elas cantam para seduzir os marinheiros e comer o que sobrar deles no mar. A Atração é um fucking musical de terror polonês com sereias. Isso basta para garantir a sua atenção?

Recomendado para quem gosta de: imaginar como seria La La Land com sereias pervertidas e sanguinárias.

filmes de terror 2017 - hangman

Hangman (Adam Mason, 2015) Apesar de ser de 2015, esse é um found footage de 1ª qualidade e conta a história de uma família que volta de viagem e descobre que alguém invadiu a sua residência. Eles chamam a polícia, arrumam a bagunça toda que os invasores deixaram e seguem vivendo normalmente, mas eles não imaginam que os problemas estão apenas começando…

Recomendado para quem gosta de: Found footage; filmes sobre invasões domiciliares

belko experiment

(The Belko Experiment, Greg Mclean, 2016) Sabe quando você imagina como seria descontar toda a sua raiva naquele colega de trabalho que te irrita? Pois Belko Experiment é exatamente sobre isso: um grupo de trabalhadores é obrigado a matar um ao outro até que reste apenas um sobrevivente.

Recomendado para quem gosta de: Mayhem; Reality shows; Battle Royale; Jogos Vorazes

Veja agora os 10 melhores filmes de terror de 2017

#10- The Eyes of my Mother

poster the eyes of my mother(Nicolas Pesce, 2016) Apresentado todo em preto e branco, o longa apresenta uma história perturbadora de uma mulher que vive numa fazenda e começa a fazer umas coisas muito bizarras com as pessoas que cruzam o seu caminho. Tudo isso é consequência dela ter presenciado sua mãe sendo atacada por um invasor quando era mais jovem.

Nicolas Pesce transformou The Eyes of my Mother numa obra visualmente linda, mas que deixa seu público desconfortável durante muitos dias após assistirem ao filme.

Recomendado para quem gosta de: filmes preto e branco; paranoia; filmes sobre gente louca


#9- Baskin

poster baskin(Can Evrenol, 2015) Tinha anos que eu estava atrás de Baskin, mas nunca que a produção ficava disponível para ser vista. Produzida pela mesma turma que cuidou de O Babadook e A Centopeia Humana, o longa-metragem turco não é indicado para quem se impressiona fácil.

A trama apresenta um grupo de policiais que sofrem um acidente na estrada enquanto iam atender um chamado de emergência num prédio abandonado.

Baskin usa e abusa da violência gráfica em cenas capazes de revirar o estômago do espectador, mas seu grande trunfo está no terror psicológico que submete seus personagens.

Recomendado para quem gosta de: Filmes turcos; filmes sobre possessão demoníaca


#8- Grave

raw-poster(Raw, Julia Ducournanu, 2016) Escrito e dirigido pela cineasta francesa Julia Ducournau, Raw conta a história de uma jovem vegetariana que entra na faculdade de veterinária e descobre que seus colegas são extremamente carnívoros. Durante um ritual de iniciação dos novos alunos, ela é obrigada a comer um pedaço de carne e isso causa sérios efeitos colaterais em sua vida.

 

Raw é arrepiante. Sem apelar para a violência gráfica gratuita ou criar cenários altamente improváveis, a trama se desenvolve como um tipo de metáfora para o próprio desejo sexual. Justine (numa atuação excelente de Garance Marillier) chega na escola como uma virgem CDF que irrita os professores por sua inteligência. Criada numa família conservadora, é normal que ela seja uma garota reprimida. A partir do momento em que comete o primeiro ato de “transgressão” e come a carne animal, ela começa a se transformar internamente com um desejo incontrolável por mais e mais carne. A surpresa é notar que a sua irmã passou pelo mesmo, mas agora ela possui mais controle sobre o seu desejo.

Recomendado para quem gosta de
: comida vegetariana; filmes sobre canibalismo


#7- Ao Cair da Noite

postersmaisbonitos(It Comes at Night, Trey Edward Shults, 2017) Alguma coisa aconteceu, não sabemos o que é.

Uma família se refugiou numa casa numa floresta, não sabemos onde fica.

O que sabemos é que, o que quer que esteja acontecendo, é mortal. E não será fácil sobreviver. Se a premissa não é das mais originais, a condução e o resultado são e garantem a satisfação do público. Ao Cair da Noite é uma ótima surpresa num gênero que passa longe do gol com tanta frequência que cria certa desconfiança. Em pouco menos de uma hora e meia, o diretor constrói uma atmosfera que poucos conseguem e deixa uma impressão forte e duradoura. De forma enxuta e direta, ele segue uma das mais antigas recomendações quando o assunto é o Cinema de terror: menos é mais. Quanto menos o público vê, mais aterrorizado fica. (Marcelo Seabra)

Recomendado para quem gosta de: Filmes sobre o apocalipse


#6- mãe!

Aronofsky evoca Roman Polanski em Repulsa ao Sexo e (mais óbvio) O Bebê de Rosemary. A paranoia da personagem vivida por Jennifer Lawrence e a impressão equivocada que estamos diante um ritual do capiroto nos remete a esses clássicos absolutos filmados na década de 1960. Tudo isso gera um verdadeiro caos mental na cabeça do espectador, que indefeso, pode apenas aceitar tudo que o diretor tem a dizer através da sua grande revelação.

Recomendo mãe! para qualquer pessoa interessada em assistir a um filme capaz de entrar na sua cabeça e te fazer cagar tijolos. Esse é um daqueles casos em que ficamos horas e dias pensando no que assistimos, enquanto a obra vai crescendo mais e mais, criando uma vontade incontrolável de rever uma vez…duas vezes…três…

Recomendado para quem gosta de: O Bebê de Rosemary; Repulsa ao Sexo; de ler A Bíblia

Comentários