Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Filmes online #3: 5 Dicas para você assistir na Netflix

JULIANA VANNUCCHI SEPAROU 5 DICAS PARA VOCÊ ASSISTIR NA NETFLIX DURANTE ESSA SEMANA. Confira logo abaixo:

PS: Lista produzida em janeiro para o catálogo disponível na Netflix. Existe a chance de alguns títulos ficarem indisponíveis no futuro.

Donnie Darko (Richard Kelly, 2001) Este filme é sensacional e válido para ser visto e revisto. A aura filosófica do roteiro é envolta por uma temática bastante intrigante: a viagem no tempo.

- Advertisement -

Partindo desta mencionada receita, Donnie Darko se torna um longa fascinante e envolvente, capaz de despertar reflexões profundas. Além disso, a trilha sonora é composta por músicas de bandas incríveis, como Joy Division, The Church, Echo & The Bunnymen, e outras cujas canções agregam um brilhante hermetismo à história. É interessante notar que mesmo com certa simplicidade em aspectos técnicos, Donnie Darko consegue ser um filme arrebatador em ficção científica e, faço questão de frisar, também em aspectos filosóficos. O maior destaque desta agradável obra é sua criatividade.

Ouça a trilha sonora no Spotify

Clique aqui para assistir


A Mosca (The Fly, David Cronenberg, 1986) Um dos magníficos filmes produzidos por David Cronenberg. Desenvolve-se a partir de uma premissa adoravelmente nojenta: um homem sofre um acidente que desencadeia uma metamorfose que o transforma numa peçonhenta e engraçada mosca. A história segue em torno deste inusitado acontecimento e a curiosidade do espectador cresce momentaneamente, afinal, não há como não se intrigar e se perguntar o que ocorrerá ao personagem que está se transforma em inseto. Esse filme pode ser uma ótima porta de entrada para o glorioso cinema de Cronenberg, cujas temáticas costumam ser bastante atípicas, fato este que lhe é bastante positivo e enaltece a grandeza de suas capacidades artísticas.

Clique aqui para assistir


Um Corpo Que Cai (Vertigo, Alfred Hitchcock, 1958): Um dos maiores clássicos de Hitchcock! Acredito que este filme, por sua premissa, possa agradar qualquer tipo de espectador. Trata-se de um suspense que apresenta as aventuras de um detetive que carrega consigo uma fobia bastante incomoda: ele tem medo de altura. Neste longa, o maestro Hitchcock dá uma técnica, além de ter conseguido atingir um de seus maiores sucessos comerciais. O filme chegou a receber duas indicações ao Oscar de 1959.

Clique aqui para assistir


Paris, Texas (Wim Wenders, 1984): Obra primorosa de Wim Wenders. Indicado especialmente para aqueles que apreciam Road Movies. Neste filme, o cineasta alemão conseguiu mesclar primorosamente um trama poético com uma fotografia exuberante, além de contar com um elenco poderoso e uma caprichada trilha sonora. A cada minuto que se passa, o longa esquenta e assume um caráter ainda mais intrigante. A história centra-se no personagem Travis, que após mais de quatro anos desaparecido, é encontrado por seu irmão. O protagonista retorna para sua casa e reencontra sua família e sua vida, precisando se reacostumar com tudo o que certa vez não fez mais parte de sua realidade.

Mistério e emoção dão uma pincelada especial ao roteiro, assegurando qualidade ao filme.

Clique aqui para assistir


The Rocky Horror Picture Show (Jim Sharman, 1975): Este musical mistura travestis, alienígenas e humanos em canções e danças calientes. Um longa que distancia-se de tradicionalismos cinematográficos e que apela para uma mistura incomum de trash, surrealismo, fantasia e ficção (além de uma tentativa absurda de dramatizar isso tudo). Eu diria que é um filme bastante Glam e cujas cenas surpreendem o espectador com surpresas bastante cômicas. É bem divertido e indicado para espectadores que estão em busca de filmes diferentes dos habituais. Destaque para a atuação magnífica de Tim Curry.

Clique aqui para assistir

Conheça outras 13 dicas aqui!

Comentários