Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges | Cinema de Buteco
Top 5

Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges

Convidado pelo 2t para dizer qual seria o meu top 5 de filmes românticos, me bateu logo um desespero. Particularmente gosto muito de fazer listas e cinco querendo ou não é um numero muito restrito. Porém, logo depois entendi como deveria fazer a minha escolha. Filmes românticos não são aqueles clássicos com uma ótima narrativa ou uma super produção que te instigaram de alguma forma, mas sim aqueles que tocaram numa parte de você que sempre esteve lá mais pouco aparece. Então selecionei esses filmes que ao longo do tempo se tornaram quase que um apego emocional para mim.

the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
Como falei, cinco é um número muito restrito, então não consegui atingi-lo. Foi por pouco. Então dividi a 5ª posição entre dois filmes lançados no mesmo ano e que tem um significado muito especial para mim. Estava fora de cogitação fazer um top 5 e deixar a Sandra Bullock de fora, escolhi então Casa do Lago porque além da incrível química que ela tem com o Keanu Reeves a história do filme tem todo um significado pra mim. Essa coisa dos mundos distantes, do amor impossível conversa muito comigo. Em contrapartida não poderia deixar O Amor Não Tira Férias de fora também, afinal juntar Nancy Meyers e Hans Zimmer em uma produção só podia dar essa lindeza. E ainda com um elenco daqueles, sensacional! Outra coisa que indico muito, é o álbum com a trilha original de Hans Zimmer para esse filme. É viciante!
the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
Na 4ª posição um filme mais novo, mais jovem, mas que com uma trilha daquelas não tinha como não parecer por aqui. A primeira coisa que me conquista em um filme é a trilha sonora, mas Juno é muito mais que isso. O filme tem um roteiro inteligente e com um frescor que parece que fala diretamente com a nossa geração. A Diablo Cody tem dessas. E é claro que depois cansaríamos do estilo Michael Cera de ser, mas na época era novidade retratarem adolescentes exatamente como os que estamos acostumados a conhecer todos os dias, isso também é um grande ponto positivo do filme.
the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
As próximas 3 posições são dedicadas as musas do novo milênio. Acho que sem Scarlett, Zooey e Natalie Portman a indústria do cinema passaria longe de ter toda exuberância que tem atualmente. Na 3ª posição coloquei o lindo Encontros e Desencontros da Sofia Coppola. Puts! Não tem o que falar! Esse filme é muito minha cara. Essa coisa de se perder e apostar no acaso é muito filosofia de vida. Pra mim o filme fala muito sobre desapego, falta de rumo, acaso, aproveitar as oportunidades mais no-senses da vida. Enfim… Não tinha como não estar presente aqui.
the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
A prata fica com o Zach Braff e seu incrível e melódico Hora de Voltar. Novamente fica claro meu apego por personagens perdidos e confusos, afinal essa é a condição na qual mais nos encontramos diariamente. E se você se encontra assim e a Natalie Portman tira seus Headphones e fala pra você com aquele sorriso “I cannot believe you’re not retarded!”, não existe outra saída a não ser se apaixonar por ela e pelo filme. Hora de Voltar fala sobre se encontrar no lugar onde você menos imaginava se achar, e por isso é o 2º filme mais romântico pra mim.
the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
E aqui não tinha como ficar ninguém menos do que esse filme que explica da melhor forma possível o passo-a-passo do amor. O amor não é contínuo, ele é desconexo, é irregular, é imperfeito e acima de tudo é instintivo como a Summer de 500 Dias com Ela. Posso dizer que em menos de dois anos de existência do filme já o assisti bem umas cinquenta vezes. É muito lição de vida! Acho a personagem da Zooey Deschanel completa. Ela é incrível, cheia de vitalidade e amor, porém tudo se resume a uma questão de “feeling” mesmo, e enquanto não sentimos isso vamos querer andar sem rótulos pelo resto da vida. Custa, mais o personagem do Joseph Gordon-Levitt finalmente entende isso no final.
the-lake-house-original Top 5 Filmes Românticos: Jairo Borges
Os filmes citados acima são como relíquias pra mim, do tipo que toda vez que passa na TV faço questão de assistir. Um forte candidato a figurar nesta lista com um tempo é o ótimo Blue Valentine que também é perfeito. O meu filme favorito também não está na lista, mas como já fiz um post separado sobre ele resolvi deixa-lo de fora dela!

Jairo Borges

Comentários

  1. "O amor não é contínuo, ele é desconexo, é irregular, é imperfeito e acima de tudo é instintivo" bah. perfeito.
    ‘500 dias com ela’ é um filme completo mesmo!

    Adorei teu top five six! Eu acrescentaria ao meu o cláaaassico “uma linda mulher”, o meigo “dez coisas que eu odeio em você” e o perfeitoooo “o diário de uma paixão”

    E eu não saberia que posição colocá-los, todos são primeiro pra mim!

    Juno não poderia mesmo ficar fora da lista *-*

    To adorando a semana dos namorados daqui :p

  2. acabei d lembrar q deixei "Love & Other Drugs" de fora tbm!!! =O Matthew Rhys e Brintany mt perfeitos nesse filme!!

  3. Jairo, não seria “Love and Other Disasters”?!
    Faltou mesmo esse filme, ele é muuuito bom! Bem diferente – a meu ver – das outras comédias românticas!
    Pra mim a melhor cena é quando o Paolo chega no ap da Jacks achando que ia ter um encontro com ela, e ela tava se arrumando pro encontro com o outro! hahaha, adoro :p
    E a Britany é seempre perfeita! /superfã
    :p

  4. isso msm ana! confundi com o titulo quase homonimo do filme da Anne.

    Mas é mt bom msm! Esse é otro q toda vez q passa na tv paro pra ver!

  5. Gostei muito da sua lista! Mesmo dos filmes que não vi, porque me pareceram beeeeem interessantes e agora eu quero ver. Sim, muita coisa ficou de fora, “top 5 [ainda que de 6] é muito restrito”, mas eu acho que você deu uma boa amostra aí;;;; Concordo com a pessoa que mencionou “Uma linda mulher” e “10 coisas que eu odeio em você”: eis dois filmes que eu não consigo não assistir!

  6. E eu não conseguiria fazer top 5 de nada na minha vida, nem se tivesse só cinco opções, porque eu não conseguiria fazer o ranking. Só pra falar que eu colaborei, tem “Simplesmente amor” também. E “Edward mãos de tesoura” (eu acho uma linda história de amor). Ah, são muitos… :p