Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Top5: Os gritos de Leonardo DiCaprio

os gritos de leonardo dicaprio
Como o tempo voa! Parece que foi ontem que vi Titanic pela primeira vez, quando o Leonardo Dicaprio era ainda um bebê. Este ano, o ator já completa 41 anos, mais de 20 anos deles dedicados à atuação. Para comemorar a data, vamos destacar algo bastante comum nos filmes que ele faz: os gritos (evitamos usar o fato dele morrer em diversos papéis porque teremos spoilers demais). Este é o nosso Top 5:

5) Diamante de Sangue – Danny Archer (2006)

Dicaprio faz sotaques e muito bem por sinal. Como o africano Danny Archer, ele corre, mata, grita e, é claro, quer um diamante para poder deixar o continente para sempre. Era esse papel ou Os Infiltrados e ele acabou concorrendo ao Oscar por Diamante de Sangue, apesar dele ter destinos bem semelhantes em ambos, além de xingar e bater em muita gente.

- Advertisement -

4) A Origem – Cobb (2010)

Um dos filmes mais originais e cativantes dos últimos tempos. Christopher Nolan fez uma obra-prima e Dicaprio, felizmente, é parte do elenco dela. Como Cobb, o ator mostrou que, no universo da ficção de Nolan, ele também pode fazer bonito e trazer seus gritos junto. Em uma das cenas mais belas e trágicas do longa, ele tenta convencer Mal (Marion Cotillard) a não saltar da janela, uma vez que ela acha que está sonhando e precisa morrer para voltar ao mundo real (há controvérsias sobre isso, mas enfim). O desfecho pode ser doloroso, mas o show de atuação dos dois lados é confortante.

3) O Lobo de Wall Street – Jordan Belfort (2013)

Não, não podíamos deixar de fora da lista uma parceria de Dicaprio e Martin Scorsese. Jamais. A quinta produção em que trabalharam juntos foi uma prova de como o ator consegue se transformar diante das câmeras, seja tentando chegar ao seu carro totalmente drogado, pousando um helicóptero no jardim de sua casa ou, como veremos abaixo, dando um discurso de motivação para os seus colaboradores. Exaltação não falta aqui!

2) Gilbert Grape – Aprendiz de Sonhador – Arnie Grape (1993)

Um dos melhores papéis de Dicaprio no cinema é Arnie Grape, quando ainda era adolescente. Muita gente pode conhecer o ator a partir de Titanic, mas ele tem muitas performances de alta qualidade antes do hit de James Cameron, entre elas Gilbert Grape. Ele dominou totalmente o papel do jovem garoto com atraso mental e rouba a cena do drama. Mas se tem um momento em que ele brilha mesmo é a em que encontra a mãe morta na cama. Apenas veja.

1) Django Livre – Calvin Candie (2012)

Dicaprio e Tarantino. Não tinha como essa dupla dar errado. E, para a nossa felicidade, o diretor colocou o ator como vilão, algo raro de se ver. O indicado ao Oscar pode ter um rosto angelical e menininho, mas ele botou medo com a crueldade de Calvin Candie. Uma das cenas mais marcantes é o jantar na casa do personagem, quando ele descobre os planos de Django (Jamie Foxx) e Schultz (Christoph Waltz) e tem um acesso de raiva sensacional. Ele bate na mesa com tanta força que até sai sangue das suas mãos, algo que realmente aconteceu com Dicaprio durante as filmagens, sem planejamento algum. Ou seja, quando ele esfrega o sangue no rosto de Broomhilda (Kerry Washington) foi uma improvisação do ator. Bravo!

Bônus: Titanic – Jack Dawson (1997)
Precisa de comentários?