Review: Fargo s03e04 – “The Narrow Escape Problem”

Série Fargo

Às vezes nós ficamos um tanto exigentes e isso afeta a forma como assistimos nossas séries favoritas. “The Narrow Escape Problem”, também conhecido como Fargo s03e04, é um episódio bem de acordo com o tom da série, mas que me deixou com uma sensação de desapontamento.

O curioso é que isso está longe de significar que o episódio foi ruim. Não existe essa coisa de “episódio ruim” quando falamos de Fargo. Quem acompanha a série sabe do que estou falando. É apenas uma reação de fã que esperava algo incrível, como foi na semana passada. Leia o review aqui!

Apreciei o retorno de Billy Bob Thornton como o narrador. Aliás, essa abertura mais lúdica do episódio transforma a série num verdadeiro conto de fadas fodido da cabeça. A ironia presente no tom de voz do narrador falando sobre os eventos e perguntando se o público está confortável é brilhante. Deu até a vontade de rever algumas das coisas da primeira temporada.

Há um momento interessante para aprendermos mais sobre o misterioso V.M. Vargas. David Thewlis está excelente no seu papel e confronta Ewan McGregor numa cena arrepiante, enquanto faz um discurso sobre riqueza e aparências. Descobrimos também que ele é bulímico. Após comer como um bicho por duas vezes, o cara simplesmente começa a vomitar sem cerimônias.

As conexões começam a ser estabelecidas pela personagem de Carrie Coon. Depois de um breve encontro com o gordinho careca vivido por McGregor, ela passa a perceber que existem coincidências demais relacionando a família Stussy com a morte de seu padrasto. Isso significa que as cartas estão na mesa e tudo pode acontecer.

fargo s03e04

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.