Review: Game of Thrones s01e02 – “The Kingsroad”

review game of thrones s01e02 The Kingsroad

Após um episódio inicial que continua incrível mesmo depois de sete anos, sigo em frente com o review Game of Thrones s01e02 – “The Kingsroad”. O episódio apresenta os eventos que acontecem em Winterfell após a estranha queda do pequeno Bram, que flagrou Jaiminho carcando a irmã Cersei e foi arremessado do alto de uma torre.

Quando relembramos a série inteira, é capaz de afirmar com convicção que Jaiminho Lannister é um dos personagens mais interessantes e complexos de Game of Thrones. Ao comer a própria irmã e explicitar sua arrogância, o personagem ganhou a antipatia do telespectador. Mas após tentar matar uma criança, Jaiminho ganhou o ódio do público. O mesmo pode ser dito de sua irmã.

Hoje em dia, não tenho o menor problema em admitir que ele talvez seja um dos meus favoritos. E digo isso porque acompanhei a sua jornada inteira, da época em que ele era um babaca pomposo até viver um inferno e recuperar sua humanidade. Só que isso tudo só aconteceu após muitos anos e eventos – ao contrário do que temos nesse segundo episódio.

Nossa raiva aumenta quando Bram sofre uma nova tentativa de assassinato. Depois de ferir Catelyn Stark, o assassino é morto pelo lobo gigante de Bram – que se posiciona como um verdadeiro guardião do pequeno. Essa foi apenas uma das primeiras grandes cenas de violência gráfica da série. E perdi a conta de quantas outras existiram…

Enquanto Sansa banca a esposa perfeitinha para o príncipe Joffrey, Arya treina suas habilidades de espadachim com Micah, o filho do açougueiro. No entanto, o treino acaba sendo interrompido por aquela que ficaria marcada como a primeira vez em que o público sentiu o desequilíbrio de Joffrey. O jovem príncipe tenta matar Arya e é atacado pelo lobo Nymeria. As consequências dessa confusão são várias: Sansa começa a sentir que tem algo errado com o seu noivo; Cersei ordena a morte de Lady, lobo de Sansa; Micah é assassinado covardemente; e nascem os primeiros nomes da lista de Arya

Outro destaque de “The Kingsroad” fica por conta da decisão de Jon Snow em seguir para viver como um membro da Patrulha da Noite na Muralha, acompanhando o seu tio Benjen. Antes de partir, ele tem uma conversa que hoje causa arrepios: ele pergunta para Nedd sobre a sua mãe e recebe a promessa de que “No nosso próximo encontro, vou te contar tudo sobre ela”. Nós sabemos que nunca existiu um próximo encontro…

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.