Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Review: Fargo s02e08 – “Loplop”

fargo s02e08
No review anterior questionei o roteiro de Fargo por ter permitido a fuga do casal Ed e Peggy. Ainda acredito que foi um momento em que a série pediu para seus telespectadores aceitarem que simplesmente foi assim e pronto. Foi um escorregão, mas quem se importa com isso quando a segunda temporada se garante a cada novo episódio?

O oitavo episódio soluciona exatamente os mistérios que foram deixados no ar na semana anterior. Hanzee continua a sua busca por Peggy e Ed, que após fugirem da polícia, decidiram levar Dodd como refém e moeda de troca para garantir sua sobrevivência.

“Loplop” é um momento tão bom quanto o anterior e acerta no tom de humor negro. Kirsten Dunst, especialmente, nos faz rir bastante na pele da doidinha Peggy. Além das alucinações, ela protagoniza cenas memoráveis enquanto mantém Dodd como seu refém. Ao mesmo tempo, Jesse Plemons também dá conta da responsabilidade de conduzir o episódio tomando as rédeas de sua vida, mas tropeçando na própria incompetência e irrelevância.

- Advertisement -

Zahn McClarnon tem mais um episódio para garantir seu lugar ao sol. Se parte do episódio é sobre esse curioso “triângulo amoroso” f0rmado por Peggy, Ed e Dodd, a outra é dedicada para as investigações de Hanzee para encontrar seu patrão. Como destaque, a sequência em que o capanga entra dentro de um bar mequetrefe e sofre com o preconceito local. Como telespectadores, criamos uma expectativa para ver a reação do personagem diante tantas ofensas. Os coitados do bar deveriam ter ficado em silêncio…

Quando o caminho dos dois núcleos se cruzam nos minutos finais de “Loplop” somos surpreendidos depois ficar realmente tensos com o destino de Ed e Peggy. Hanzee se garante com o pedido mais bizarro já ouvido em Fargo. Quem poderia esperar por um “corte de cabelo curtinho e profissional” naquela altura? A direção da cena nos deixa ansiosos esperando Peggy usar a sua tesoura para atacar o índio e nada acontece justamente por conta da intervenção policial na hora H.

Que momento.

Comentários