Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Review: Jessica Jones s01e06 – “You’re a Winner!”

You're a Winner! Review Jessica Jones

O nível de obsessão de Kilgrave supera todos os limites nos minutos que encerram “You’re a Winner” e descobrimos os motivos verdadeiros para a compra milionária daquele imóvel. Tennant desta vez mostra a faceta mais vulnerável do vilão, que ainda sofre com os efeitos da tentativa de sequestro. Interessante perceber o quanto ele é dependente do seu poder e como é um esforço tremendo se controlar para não dar ordens que não serão cumpridas.

No entanto, as breves participações de Kilgrave perdem a sua importância ao analisarmos toda a dinâmica do sexto episódio. Com o retorno de Luke Cage, temos início uma pequena investigação que pode revelar a verdade sobre a morte de sua esposa. Se a série Jessica Jones fosse picareta, iríamos descobrir nesse momento, já que é uma subtrama que poderia muito bem ser arrastada em diversos capítulos. Felizmente, os produtores foram inteligentes e resumiram bem o problema: depois da parceria para encontrar o paradeiro de um jovem delinquente, Cage e Jones ficam numa situação em que a verdade precisa vir a tona para evitar a morte de um “inocente”.

- Advertisement -

Quando o roteiro opta por mostrar Jones revelando o seu segredo e evita a fadiga da mentira por mais tempo, ele cria as possibilidades para o desenvolvimento desse arco dramático (e romântico) entre os heróis de Jessica Jones. Afinal, sabemos que o tipo de amor que dura mais é justamente aqueles que possuem altos e baixos, especialmente quando falamos de pessoas com sérios problemas psicológicos e grandes traumas.

Cage poderia ter partido sua paixão ao meio, caso quisesse. Sua reação é violenta, mas ao mesmo tempo contida e justificada, já que está diante a assassina de sua esposa. No entanto, a violência dele dá lugar para o tipo de reação que punhos nunca serão tão eficazes em causar: o herói diz poucas e boas para Jessica, que sabe que tirou um peso de seus ombros e isso cobrou um preço muito alto. Um dos melhores momentos da série até o momento.

Ah, claro. Jessica continua sendo uma escrava de Kilgrave, agora enviando fotos diariamente sempre no mesmo horário. Tudo bem que não são nudes (britânicos são gentlemans), mas é evidente o impacto que essa chantagem tem na heroína e temos que aguardar por mais uma parte do confronto entre o bem e o mal aqui.

Comentários