Review The Leftovers s03e04 – “G’Day Melbourne”

the leftovers s03e04

The Leftovers continua surpreendendo episódio após episódio e deixando seus fãs putos da vida com o restante do universo que não valorizou essa obra magnífica. Acho que os fãs deveriam fazer parte da turma que desapareceu no mundo, porque certamente estaremos indo juntos para um lugar melhor. Que série incrível!

Ainda que The Leftovers s03e04 seja desprovido de toda a perfeição do episódio anterior, se trata de um importante momento em que as coisas começam a fugir um pouco do controle e ficarem tensas. Nora (Carrie Coon, que também está dando um show em Fargo) viaja com Kevin para a Austrália com a intenção de “fazer a passagem” para o mesmo lugar em que todo mundo que sumiu foi. Paralelamente, Kevin começa a ter novas alucinações e tem um dia péssimo.

“G’Day Melbourne” fala sobre a destruição de um relacionamento baseado apenas em desejos carnais e companhia para fugir da solidão. Kevin e Nora podem ser o casal perfeito como o mais infeliz do mundo. Uma trepadinha num banheiro público pode mostrar o calor sexual, mas ao mesmo tempo nos faz imaginar se não existe nada além dessas explosões para eles.

Sem diálogo ou confiança, e após viverem um dia infernal, os dois chegam ao limite numa discussão que termina de maneira cruel com Kevin jogando na cara de Nora o quanto ela quebrou a confiança entre eles. Toda a sequência final de DR é maravilhosa. São duas pessoas desconhecidas e que não parecem realmente se importar umas com as outras, pois querem apenas atenção naquele momento.

Sério. Nunca imaginei que The Leftovers pudesse nos ensinar tanto sobre relacionamentos amorosos. Pode parecer extremo, mas se o sexo for bom demais, desconfie.

Tullio Dias

Dizem que sou legal, mas eles estão mentindo só para me agradar. Gosto de Molejo, acho Era Uma Vez no Oeste uma obra-prima, prefiro baixo de quatro cordas do que os de cinco, tenho um MBA de MKT Digital e um curso de Publicidade, não tenho filhos, não tenho um coração, mas me derreto por caipirinhas.