Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Review: Scream s01e05 – “Exposed”

scream-1-temporada-exposed-review

Poxa vida.

Como é que Pânico começou tão bem com seus dois primeiros episódios e depois pisou no freio completamente com três episódios medíocres? Exposed até o momento foi o mais fraco da série e me faz cogitar abandonar essa temporada antes mesmo do seu final.

- Advertisement -

Só que sou brasileiro. E além disso vi potencial nos primeiros episódios e não acredito que tenha sido acidental.

A vida de Emma continua uma merda. Não basta a mãe esconder segredos e seus amigos morrerem: Ela descobre que seu namoro começou como uma aposta cruel. Óbvio que fica puta e termina com o babaca. Mas o ponto a ser observado é que todos os personagens de Pânico possuem segredos ardilosos para serem revelados. A única, aparentemente santa, é a própria Emma.

Lembrando do filme original, temos várias diferenças entre as protagonistas. Sidney (Neve Campbell) preenchia a cota de virgens de filmes de terror, e isso era até uma piadinha do roteiro. Já na série, a vida sexual de Emma já está ativa. Tanto que ela nem demora para arrumar um novo namorado, mesmo que ele ande com uma arma no bolso da sua jaqueta.

Os roteiristas parecem brincar com a nossa inteligência e bom senso. Que escola permaneceria aberta depois do assassinato de dois de seus alunos? E que professor cobraria um trabalho escolar depois disso? Mais insano ainda: como é que Emma, depois de ter suas duas amigas mortas pela pessoa que liga para ela insistentemente, consegue sentir tesão o suficiente para terminar com o namorado e investir em outro cara? Olha. Eu entendo que o perigo e o medo costumam excitar, mas está meio exagerado, não?

Comentários