Connect with us

Sons de Buteco

Sons de Buteco: Alta Fidelidade

Published

on

Uma Análise da Trilha Sonora do Filme Alta Fidelidade

Capa Trilha Sonora do Filme Alta Fidelidade

‘’ Trilha sonora de qualidade’’ – é um dos termos nos quais podemos recorrer quando estamos falando deste filme. The Kinks, Velvet Underground e Bob Dylan são alguns dos nomes que podem comprovar e fazer com que seu interesse por Alta Fidelidade cresça.

Alta Fidelidade, baseado no livro homônimo de Nick Hornby, é estrelado por: John Cusack, Todd Louiso, Lisa Bonet, Jack Black, Joan Cusack, Catherine Zeta-Jones e Tim Robbins. Atores que foram dirigidos por Stephen Frears. A história gira em torno de um homem que trabalha numa loja de discos e vai narrando toda a sua vida amorosa e relação obsessiva com a música.

Clique aqui para ler a resenha.

Sobre o diretor:

Stephen Fears nasceu no dia 20 de junho de 1941, na Inglaterra. Dentro seus diversos anos de carreira, construiu uma carreira vasta de filmes de qualidades: além de Alta Fidelidade, Fears também dirigiu A RainhaLigações Perigosas, entre outros.

Analise Trilha Sonora do Filme Alta Fidelidade -  John Cusack - Jack Black

Das 14 músicas inclusas na trilha sonora, falarei um pouco de cinco canções. Com vocês: ‘’Oh! Sweet Nuthin’’, ‘’Everybody’s Gonna Be Happy’’, ‘’Most of The Time’’, “I Believe (When I Fall in Love It Will Be Forever)’’ e ‘’Shipbuitding’’.

‘’Oh! Sweet Nuthin’’, Velvet Undergound: inclusa no album Loaded, ‘’Oh! Sweet Nuthin’’ está no lado B do disco como a última música. O single que está incluso no sucessor do álbum mais conhecido do Velvet Undergound, The Velvet Undergound, comprovou o ‘foco musical’ do grupo.

‘’Everybody’s Gonna Be Happy’’, The Kinks: a edição da música do The Kinks, ‘’Everybody’s Gonna Be Happy’’ , que já teve uma regravação especial do Queens of The Stone Age, é uma das mais populares do The Kinks que marcou época.

‘’Most of The Time’’, Bob Dylan: é sem dúvidas uma das canções mais tradicionais de Dylan, que realça suas influências e seu modo de escrever. Inclusa no disco Oh Mercy, de 1989, teve seu reconhecimento ‘alavancado’ após a inclusão no filme Alta Fidelidade.

‘’Shipbuitding’’, Elvis Costello & The Attractions: escrita por Elvis Costello e Clive Langer, ‘’Shipbuitding’’ está inclusa no álbum Falklands War, de 1982 – um dos trabalhos de maiores sucessos de toda a carreira de Costello. A canção ainda teve diversas versões realizadas por outros artistas.

‘’I Believe (When I Fall in Love It Will Be Forever)’’, Stevie Wonder: lançada em 1972, ‘’ I Believe (When I Fall in Love It Will Be Forever)’’, é uma música escrita por Stevie Wonder e Yvonne Wright, para o 15º álbum de sua carreira: Talking Book, álbum que teve uma música indicada para o Grammy de melhor perfomance.

 

Lucas Caldeira – Nascido em Brasília, escreve para – além do Cinema de Buteco -, sites como: Cifra Club News, Audiograma e Imprensa do Rock. Amante assíduo de uma boa música, já realizou entrevistas com alguns nomes como: Raimundos, Mike Squires(Loaded), Marcelo Bonfá, entre outros. Seu foco atual é escrever sobre cinema e conhecer um pouco mais desse mundo.

Continue Reading
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Sons de Buteco

As Músicas de Capitã Marvel: Conheça a trilha sonora do filme

Published

on

musicas de capita marvel

Quer saber quais são as músicas que tocam em Capitã Marvel? Então presta atenção nesse post especial com a trilha sonora de Capitã Marvel e já prepara para ouvir no YouTube e Spotify.

Esses dias apresentei uma edição do 365 Filmes em um Ano reclamando que a Marvel havia deixado de lado o rock após o primeiro Vingadores e que as músicas do AC/DC ou Black Sabbath presentes em Homem de Ferro faziam parte do pacote inicial concentrado em pessoas que gostam de rock.

Na medida em que as produções foram ficando mais populares, a pegada mudou bastante. Tanto que Guardiões da Galáxia investe firme nos clássicos da Motown ou canções da década de 1980. Uma exceção ou outra (Spoon em Homem-Aranha: Homecoming; alt J em Guerra Civil), o rock ficou na geladeira até Capitã Marvel.

Claro que a narrativa acontecer nos anos 1990 ajuda demais com isso. Nirvana, REM, Garbage, No Doubt e Hole emprestam seus clássicos para a trilha sonora da primeira aventura solo da personagem – e isso é um motivo e tanto para gostar mais de Capitã Marvel.

Sem enrolar… ouça as músicas logo abaixo:

“Just a Girl” – No Doubt

Carol Danvers descobre como é viver 100% dos seus poderes e isso deixa os bandidos extraterrestres refletindo como enfiaram o pé na jaca encarando “apenas uma garota”. Vale eleger “Just a Girl” como um dos melhores momentos musicais da Marvel até hoje?

“Only Happy When it Rains” – Garbage

“Celebrity Skin” – Hole

A louca (ou genial) Courtney Love viveu o auge da sua carreira com o Hole no final dos anos 1990 (o que causa estranhamento, afinal “Celebrity Skin” só foi lançada três anos depois do período em que Capitã Marvel acontece) e é a faixa escolhida para os créditos finais do longa-metragem.

“Come as You Are” – Nirvana

Como é que se apresenta uma história que se passa em 1995 e não coloca Nirvana na trilha sonora? Impossível, né? “Come as You Are” toca na cena em que Carol Danvers vai trocar uma ideia com os vilões e abala todo o controle mental que exerciam nela. É legal que a própria Annette Benning comenta sobre a vibe da música de Kurt Cobain enquanto faz uns movimentos corporais que parecem ser passos de uma dança. Ou algo assim.

Continue Reading

Destaques

9 músicas de romance para deixar seu Dia dos Namorados inesquecível

Published

on

O amor é como uma música boa que nos deixa de olhos fechados apenas sentindo cada verso e nota. Essa combinação fica irresistível quando é levada para as telas de cinema. Através da telona começamos a sentir histórias românticas de personagens com os quais nos identificamos e nos preocupamos como se fossem velhos amigos.

Para esse dia dos namorados, nós fizemos uma nova Playlist com 9 músicas para embalar os seus momentos a dois, seja com seu namorado ou namorada, ou marido ou esposa, ou contatinhos, ou simplesmente consigo mesmo.

Abaixo você confere 9 dicas para ouvir agora e nesse link pode acompanhar a playlist completa no Spotify com mais de 30 canções.

“City of Stars” – Ryan Gosling & Emma Stone (La La Land: Cantando Estações)

La La Land: Cantando Estações pode ser considerado como um dos grandes filmes românticos do cinema moderno e “City of Stars” o hino de amor que conduz a narrativa inteira e envolve o público. Ryan Gosling e Emma Stone dividem o vocal nessa deliciosa parceria cheia de cumplicidade, como todo bom romance precisa ter.

https://www.youtube.com/watch?v=GTWqwSNQCcg

 

“She” – Elvis Costello (Um Lugar Chamado Notting Hill)

Elvis Costello embala o romance improvável de um pacato dono de livraria em Londres com uma atriz badalada de Hollywood no delicioso Um Lugar Chamado Notting Hill. Julia Roberts é a atriz famosa e Hugh Grant é o cara que vive uma verdadeira história de amor digna das telonas.

https://www.youtube.com/watch?v=O040xuq2FR0

 

“Closing Time” – Semisonic (Amizade Colorida)

Em Amizade Colorida, Mila Kunis e Justin Timberlake demoraram o filme inteiro para lembrarem de quem era a música “Closing Time”, mas o resultado foi o flash mob mais romântico de que se teve notícia no cinema.

Os versos finais “every new beginning / Comes from some other beginning’s end” ilustram perfeitamente o cenário em que os personagens decidem encerrar um ciclo para começar um romance juntos. Lindo, lindo.

https://www.youtube.com/watch?v=xGytDsqkQY8

 

“Careless Whisper” – George Michael (Deadpool)

Dobradinha com o herói mais sem noção que o cinema já produziu:

Deadpool, apesar de toda a sua violência, possui inúmeros elementos românticos para desenvolver a narrativa. O personagem de Ryan Reynolds é perdidamente apaixonado pela personagem da atriz brasileira Morena Baccarin e usa “Careless Whisper” como trilha sonora desse amor.  

https://www.youtube.com/watch?v=izGwDsrQ1eQ

 

“Take on Me” – A-ha (Deadpool 2)

Já na sua continuação, autonomeada “filme de família”, o herói desfruta momentos doces com a sua amada ao som de uma regravação acústica de “Take on Me”, clássico do A-ha.

https://www.youtube.com/watch?v=Xohx2jFLF8Y

 

“Love me Like You Do” – Ellie Goulding (50 Tons de Liberdade)

50 Tons de Liberdade é o encerramento da trilogia que mostra a relação entre a jovem Anastasia Steele e o milionário Christian Grey. Um dos pontos altos dos três filmes é a trilha sonora recheada de canções insinuantes, como é o caso de “Love me Like You Do”. de Ellie Goulding, que toca durante o filme mais vezes que existem cenas de nudez.

https://www.youtube.com/watch?v=eVVaqFDG6Fo

 

“Lost Stars” – Adam Levine (Mesmo se Nada Der Certo)

Adam Levine, cantor sedução do Maroon 5, colaborou com o compositor e diretor John Carney em Mesmo Se Nada Der Certo. Na comédia romântica, Keira Knightley é uma talentosa cantora que se envolve com um produtor na busca pelo sucesso.

https://www.youtube.com/watch?v=cL4uhaQ58Rk

 

“Luckiest” – Ben Folds (Questão de Tempo)

Questão de Tempo é dirigido por Richard Curtis (roteirista de Um Lugar Chamado Notting Hill) e conta a história de um jovem que descobre ter a capacidade de voltar no tempo e decide usar isso para conseguir a garota dos seus sonhos, mas ele logo descobre que as coisas não são simples assim. A música de Ben Folds captura toda a sensibilidade da emocionante história que certamente lhe arrancará algumas lágrimas.

https://www.youtube.com/watch?v=_latgzoqoSE

 

“Neutron Star Collision” – Muse (Saga Crepúsculo: Eclipse)u

Vamos falar de romance sem lembrar o sucesso de público que foi A Saga Crepúsculo? Claro que não! O 3º filme da franquia teve “Neutron Star Collision” como música tema principal. A escritora Stephenie Meyer é super fã da banda e conseguiu que o trio fizesse uma canção exclusiva para a adaptação do seu bestseller.

https://www.youtube.com/watch?v=MTvgnYGu9bg

Continue Reading

Destaques

As músicas de O Justiceiro

Ouça agora as músicas de O Justiceiro: a série da Marvel/Netflix acerta em cheio na sua trilha sonora inspirada.

Published

on

as musicas de o justiceiro

A Netflix lançou no dia 17 de novembro a série solo do Justiceiro. Depois de fazer a sua estreia no segundo ano de Demolidor, o vingativo Frank Castle ganha uma série independente e o resultado é superior a qualquer coisa produzida pela Marvel em parceria com a Netflix.

O review completo da série está disponível aqui e você deveria parar tudo que está fazendo para começar a assistir aos 13 episódios. A seguir, relembre ou descubra as músicas que tocam na série.

As músicas de O Justiceiro: Playlist

“Hell Broke Luce”, de Tom Waits

Frank Castle bem que tentou levar uma vida de boa, longe da confusão e da violência. Só que o destino quis que um bando de ladrões mequetrefes começassem a ameaçar matar um cu d’água qualquer na frente de Castle, que armado apenas de um martelo mostra o Justiceiro está bem vivo.

O episódio 1 demorou para ter violência, mas quando teve… Meu amigo! Uau!

“Ain’t That a Kick In the Head”, de Dean Martin

Esse não é bem aquele tipo de canção que combina com uma sequência de luta, não é mesmo? Mas é exatamente isso que acontece quando Frank Castle invade a casa de um policial corrupto e eles começam a trocar socos no episódio 2. Melhor cena de luta de O Justiceiro disparado!

“Wish It Was True”, de The White Buffalo

Durante o flashback de Frank em suas atividades militares, existe uma cena em que o nosso herói é atingido e começa a matar todos os inimigos que surgem pela sua frente. Mais um paralelo curioso de música que não combina com as cenas, mas que acaba funcionando super bem.

“I Feel Love”, de Donna Summer

Lieberman fica tenso de ser obrigado a participar da ação, mas ainda assim tem o senso de humor de avacalhar o sinal das transmissões da polícia com esse clássico de Donna Summer. Imagine a situação: no meio de uma investigação, começa a tocar “I Feel Love”. Coisa de doido, né?

“Fated, Faithful, Fatal”, de Marilyn Manson

A música do Marilyn Manson toca no episódio 11, quando Frank começa a lembrar do seu passado e da relação que seu antigo amigo Billy tinha com a sua família. Escolha perfeita para a trilha sonora da série, não acham?

Continue Reading

Bombando!