Navegação na tag

David Cronenberg

Crítica: Mapas Para as Estrelas

Quando assisti The Bling Ring em 2013, adorei como Sofia Coppola fez uma crítica à sociedade consumista e a falta de limites de jovens no mundo atual, mais especificamente nos Estados Unidos (baseado em fatos reais). Agora, chegou a vez…

Trailer: Maps to the Stars

Seguindo a programação do Festival de Cannes 2014, a Larissa Padron assistiu ao trabalho mais recente do cineasta canadense David Cronenberg. Robert Pattinson (Saga Crepúsculo) repete a parceria iniciada em Cosmópolis e estrela a obra,…

Cosmópolis

O Cinema de Buteco adverte: o texto a seguir possui spoilers e deve ser apreciado com moderação.   ERIC PACKER (ROBERT PATTINSON) ACORDOU UM BELO DIA e após passear pelos cômodos de seu apartamento luxuoso (com direito a um aquário…

Marcas da Violência

Texto de autoria de Marco Silva, 27, há 15 guiados por filmes, há cinco ralando para aprender a fazer filmes... E há 14 sentado num buteco!  ENTÃO VAMOS FALAR SOBRE MARCAS DA VIOLÊNCIA. É o inicio de uma das melhores parcerias entre o…

Um Método Perigoso

UM MÉTODO PERIGOSO É UM FILME sobre várias coisas: História, Psicanálise, romance, polêmicas. O diretor David Cronenberg é conhecido por dirigir filmes “viscerais, pervertidos, bizarros e provocantes”, segundo nosso querido 2T Dias, e se…

Mistérios e Paixões

MISTÉRIOS E PAIXÕES É UM FILME BIZARRO E CAÓTICO, no qual acompanhamos Bill Lee (Peter Weller) - um aspirante a escritor que extermina insetos. Bill começa a enfrentar problemas no trabalho por que seu pó de dedetizar está desaparecendo.…

eXistenz

Texto de autoria de Ricardo Marques, do site Tudo em Geral “Tudo aqui é tão sujo, absurdo e... grotesco!” David Cronenberg: Tá aí um cineasta que muita gente fala mas cuja filmografia conheço pouco: antes de eXistenZ, só havia assistido…

Gêmeos – Mórbida Semelhança

VOCÊ PROVAVELMENTE JÁ VIU ESSE FILME PASSANDO NO EXTINTO CINEMA EM CASA, que costumava ser exibido às 13h, 14h, durante a semana no SBT. Era meio que o concorrente da "Sessão da Tarde" global, mas com títulos bem menos coloridos, digamos…

Crítica: Os Filhos do Medo

A PRIMEIRA COISA QUE PERCEBI QUANDO COMECEI A ASSISTIR AO FILME OS FILHOS DO MEDO foi o quanto Art Hindle era parecido com Peter Dinklage (Game of Thrones). Provavelmente acharia normal se de repente alguém pegasse uma espada e começasse…