Cinema por quem entende mais de mesa de bar

Filme do The Flash perde seu diretor

As coisas não andam muito boas para o lado da Warner Bros e do universo cinematográfico da DC. Após os números de Batman vs Superman: A Origem da Justiça ficarem aquém do esperado (e de verem Guerra Civil recebendo fartos elogios da crítica e público), o estúdio não parece confortável em deixar os diretores terem toda a liberdade criativa do mundo e já temos uma vítima: Seth Grahame-Smith não será mais o diretor de The Flash.

Aparentemente, se trata daquela famosa desculpa de “diferenças criativas” que todo mundo usa depois de quebrar o pau e não querer se queimar no mercado.

No entanto, essa notícia possui mais pontos positivos do que negativos. Afinal, Grahame-Smith é conhecido por ser um escritor (Orgulho e Preconceito e Zumbis; Abraham Lincoln: Caçador de Vampiros) e não um diretor de cinema. Aliás, The Flash seria a sua primeira experiência como diretor. Ou seja, a Warner não parece mais tão confiante assim de entregar um projeto grande para alguém sem experiência.

Lembrando que a primeira opção do estúdio era a dupla Phil Lord e Chris Miller (Aventura Lego), mas eles abandonaram o projeto depois de finalizarem o roteiro e serem convidados para assumir o spin-off de Star Wars sobre um jovem Han Solo. Olha a Disney/Marvel fodendo a vida da DC…

Estrelado por Ezra Miller, o filme solo do The Flash está programado para 3 de março de 2018. Mas o herói aparecerá antes em Liga da Justiça: Parte 1, em 17 de novembro de 2017.

- Advertisement -

Comentários